Audiência pública do projeto da nova ponte do Centro reúne mais de 160 pessoas em Blumenau Julimar Pivatto/Agência RBS

Evento debate assunto polêmico que divide opiniões

Foto: Julimar Pivatto / Agência RBS

Ao contrário do que muita gente esperava, a audiência pública para discutir a localização da nova ponte no Centro de Blumenau foi tranquila. As 167 pessoas que registraram presença acompanharam a explicação e a apresentação do Estudo de Impacto de Vizinha (EIV), que começou com dez minutos de atraso e se estendeu por meia hora além do tempo previsto. Por isso, ela terminou por volta das 22h30min, depois dos questionamentos dos presentes.

Algumas informações foram passadas e conhecidas, como um breve estudo de tráfego que prevê uma circulação diária de 4.868 carros no sentido Rua Itajaí-Ponta Aguda e outros 2.185 no sentido inverso. O número chegou a ser contestado pelo arquiteto Alfredo Lindner Júnior, que ainda criticou dizendo que "se está fazendo a ponte antes de um estudo completo do tráfego".

Entenda o caso
>>> Audiência pública vai debater o projeto da nova ponte do Centro

Um dos presentes questionou o valor da obra e o engenheiro Prudêncio Wust afirmou que não há um número fechado, mas que as estimativas apontam para algo entre R$ 28 e R$ 30 milhões para construir a ponte e entre R$ 7 e R$ 8 milhões para as obras do entorno.

Também houve muitos questionamentos em relação a circulações de bicicletas e pedestres. West confirmou que a ciclovia terá 2,5 metros de largura e será compartilhada entre os que andam a pé e os que pedalam.

O EIV apresentou também que não será necessário restringir o tráfego na Rua Itajaí durante as obras e, com a ponte concluída, quem vier de Gaspar no sentido Centro passará por baixo da ponte. Outra questão que vinha sendo discutida é sobre os efeitos de enchente na ponte e foi informado que ela pode ser atingida acima da cota de 13 metros e que dará uma boa vazão para o rio, sem risco de acumular entulhos nas vigas.

As discussões levantadas durante a audiência serão levadas para o Conselho Municipal de Planejamento Urbano (Coplan), que é o órgão responsável por aprovar obras deste gênero. Não há uma data prevista para isso.

Confira alguns pontos que dividem opiniões:

Confira os números da nova ponte do Centro (Leia AQUI o arquivo em PDF)

JORNAL DE SANTA CATARINA
 DC Recomenda
 
 Comente essa história