Todos os 32 mil alunos da rede municipal e estadual estão sem aulas desde esta terça-feira em Lages, na Serra Catarinense. A suspensão das atividades foi devido à chuva de granizo que atingiu a cidade na tarde desta segunda-feira e causou estragos em diversas instituições de ensino.

Leia mais:
:: Vinte ficam feridos e um morre em quedas de telhado em Lages
:: "Lages nunca havia registrado uma catástrofe dessa dimensão"

A rede estadual possui 24 escolas e 16 mil alunos entre ensino fundamental, médio, profissionalizante e educação de jovens e adultos (EJA). Já a rede municipal tem 129 escolas e 16 mil alunos entre ensino infantil, fundamental, médio e intinerante.

Segundo Carla Reche, secretária de comunicação social da prefeitura de Lages, todas as instituições de ensino possuem telhas de eternit e foram danificas pelo granizo. Segundo ela, os reparos já começaram e materiais estão chegando de cidades vizinhas — já que estão em falta no município. A previsão é de que as escolas com danos mais leves sejam reabertas ainda nesta quinta-feira.

Vinte e uma escolas apresentam danos estruturais e necessitarão de maiores cuidados. Ainda não há previsão de retorno das aulas nestas localidades. Autoridades se reunem na manhã desta quarta-feira para elaborar um relatório completo sobre a situação.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história