Confira como serão as novas placas de veículos no Brasil conforme o padrão do Mercosul Ministério das Cidades/Divulgação

Foto: Ministério das Cidades / Divulgação

A partir de janeiro de 2016, os veículos novos brasileiros terão placas diferentes — no mesmo padrão dos países do Mercosul. O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apresentou nesta quinta-feira o modelo, aprovado por unanimidade pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Não será preciso trocar as placas dos veículos atuais. As novas placas do padrão Mercosul serão obrigatórias a partir de janeiro de 2016 apenas para veículos novos, transferidos de município e com troca de categoria.

 
Foto: Ministério das Cidades/Reprodução 

As novas placas terão fundo branco, com quatro letras e três números, utilizado na maioria dos países devido ao contraste com a combinação alfanumérica, o que permite melhor visualização e leitura pela fiscalização eletrônica.

Leia todas as últimas notícias de Zero Hora
Mercosul aprova unificação de placas de veículos até 2018

Terão uma margem azul superior, com o emblema do Mercosul à esquerda. O nome do país estará ao centro, com a bandeira nacional à direita. Outros itens são linhas onduladas horizontais e marcas d'água com a logo do Mercosul, gravadas na película refletiva. Conforme o Ministério das Cidades, a categoria dos veículos será indicada pela cor da combinação alfanumérica.

 
Foto: Ministério das Cidades/Reprodução 

A proposta adotada para a placa dos cinco países do Mercosul foi elaborada pelo Grupo do Mercado Comum (Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela). O novo modelo terá controle nacional para identificar a origem da placa, o que inibirá a clonagem do veículo.

*Zero Hora

 Veja também
 
 Comente essa história