Kelly Slater lamenta morte do amigo surfista no Instagram ASP World Tour/Divulgação

Kelly Slater desabafou no Instagram, lamentando morte prematura do amigo e alto índice de assassinatos no Brasil

Foto: ASP World Tour / Divulgação

Campeão mundial de surfe em 11 oportunidades, Kelly Slater lamentou a morte do surfista catarinense Ricardo dos Santos nesta terça-feira. Em sua conta no Instagram, o norte-americano mostra a praia de Pipeline, no Hawaii, com uma formação de surfistas em círculo, uma forma tradicional dos atletas se solidarizarem com a morte de colegas.

Beautiful morning but I was horrified to realize everyone was paddling out to Pipe to form a circle in remembrance of my friend, #RicardoDosSantos, who passed away in hospital after being shot three times yesterday in #Brasil. @ricardosantos90 was truly one of the great barrel riders of his short time (myself and a few others learned that the hard way against him at Teahupo'o a couple years back when he won the #AndyIronsAward in the event). He also won the #WaveOfTheWinter in 2012-2013 for a crazy barrel at #Pipeline and was a regular standout in any barreling or heavy conditions around the world. This was truly a senseless loss of life. It unfortunately brings to light the number of murders yearly in Brasil, officially documented at over 50,000 with many thousands more going unreported. Lack of education, poverty, and drugs don't make for a good mix and make life challenging in this country, one of the most beautiful and scariest places I've been. Condolences to Ricardo's friends and family around the world. Our small community has lost another way too soon. #RIPRDS #WTF #HardToBelieve

A photo posted by Kelly Slater (@kellyslater) on

No longo texto que escreveu para acompanhar a imagem, Kelly lembrou as vezes em que disputou baterias com Ricardinho e, nas palavras dele, aprendeu de forma dura (perdendo) que o catarinense era um dos melhores surfistas de ondas grandes da
atualidade. O norte-americano também lamentou o alto índice de assassinatos no Brasil todos os anos, e finalizou a mensagem enviando condolências para a família dos Santos e amigos.

O surfista brasileiro Pedro Skooby também registrou a homenagem no mar do Hawaii, em sua página no Facebook:



::: Garoto família e brincalhão: amigos falam sobre Ricardinho
::: Ricardo já bateu Slater no Taiti. Saiba mais sobre o surfista 

Adriano dos Santos, o Mineirinho, foi o primeiro surfista a lamentar a notícia da morte de Ricardinho, em sua página no Facebook.



Gabriel Medina postou uma imagem preta para simbolizar luto pela perda do amigo, no Instagram.

Alejo Muniz e Filipe Toledo homenagearam o amigo:




O tenista Gustavo Kuerten também manifestou indignação:



Outras manifestações de surfistas e entidades do esporte:








Internado no Hospital Regional de São José, na Grande Florianópolis, desde a manhã de segunda-feira, dia 19, Ricardinho da Guarda, como se autointitulava, passou por quatro cirurgias após ser baleado na Guarda do Embaú, no município de Palhoça. Na manhã desta terça-feira, o atleta teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.     

Comoção após confirmação da morte de Ricardo dos Santos
Familiares e amigos de Ricardinho reunidos em frente ao hospital no início da tarde desta terça-feira​ (Foto: Betina Humeres / Agência RBS)

Participante das competições oficiais da liga mundial de surfe desde 2008, o atleta profissional já havia surfado em sete etapas do circuito mundial, além de incontáveis eventos da Qualifying Series (torneio classificatório), incluindo o bicampeonato do Qualifying de Teahupo, o que lhe garantiu uma vaga no WCT do Taiti, em 2012. Mais recentemente, Ricardo estava atuando como surfista independente, especializando-se em ondas grandes.

::: Polícia divulga nota oficial sobre caso de Ricardo dos Santos
::: Policial alega que atirou em Ricardinho em legítima defesa
DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história