Surfistas brasileiros lamentam morte de Ricardinho nas redes sociais Renato Tinoco/Divulgação

Surfista Ricardo dos Santos morreu na manhã desta terça-feira

Foto: Renato Tinoco / Divulgação

Minutos após a morte do surfista catarinense Ricardo dos Santos, o também surfista Adriano dos Santos, o Mineirinho, foi o primeiro surfista a lamentar a notícia em sua página no Facebook.



Gabriel Medina postou uma imagem preta para simbolizar luto pela perda do amigo, no Instagram.

Alejo Muniz e Filipe Toledo homenagearam o amigo:




O tenista Gustavo Kuerten também manifestou indignação:



Outras manifestações de surfistas e entidades do esporte:








Internado no Hospital Regional de São José, na Grande Florianópolis, desde a manhã de segunda-feira, dia 19, Ricardinho da Guarda, como se autointitulava, passou por quatro cirurgias após ser baleado na Guarda do Embaú, no município de Palhoça. Na manhã desta terça-feira, o atleta teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.     

::: Garoto família e brincalhão: amigos falam sobre Ricardinho
::: Ricardo já bateu Slater no Taiti. Saiba mais sobre o surfista 

Comoção após confirmação da morte de Ricardo dos Santos
Familiares e amigos de Ricardinho reunidos em frente ao hospital no início da tarde desta terça-feira​ (Foto: Betina Humeres / Agência RBS)

Participante das competições oficiais da liga mundial de surfe desde 2008, o atleta profissional já havia surfado em sete etapas do circuito mundial, além de incontáveis eventos da Qualifying Series (torneio classificatório), incluindo o bicampeonato do Qualifying de Teahupo, o que lhe garantiu uma vaga no WCT do Taiti, em 2012. Mais recentemente, Ricardo estava atuando como surfista independente, especializando-se em ondas grandes.

::: Polícia divulga nota oficial sobre caso de Ricardo dos Santos
::: Policial alega que atirou em Ricardinho em legítima defesa

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história