Rotatória na BR-280, em Jaraguá do Sul, está em fase final de construção Maykon Lammerhirt/Agencia RBS

Trecho foi sinalizado para atuação dos funcionários da Infrasul

Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

No fim desta semana, os moradores que vivem às margens da BR-280 nos bairros Ribeirão Cavalo e Nereu Ramos poderão comemorar. A rotatória que liga os dois bairros está em fase de conclusão e a obra deve ser finalizada nos próximos dias. Segundo funcionários da Infrasul, empresa responsável pelo trabalho de construção, restam poucas etapas até que tudo esteja pronto e liberado.

:: Confira mais notícias de Jaraguá do Sul e região ::

Na manhã desta segunda-feira, o trecho foi sinalizado e a passagem central, fechada. Motoristas precisaram de atenção para passar no ponto, contornando o local onde será feito o canteiro principal. Sete caminhões começaram a transitar, preenchendo os espaços com terra, que formarão os canteiros. Haverá um canteiro principal, circular, e dois pequenos canteiros em forma de triângulo, nas pontas de entrada e saída da rotatória.

A estimativa é que o processo de transporte de terra seja finalizado hoje. Será preciso, ainda, instalar os meios-fios, que farão o contorno de cada canteiro, e por fim, plantar a grama. Só então o trecho deve ser considerado pronto.

A rotatória na BR-280 é uma reivindicação antiga dos moradores da região, que já fizeram manifestações para pedir a melhoria. A obra é necessária por causa do número de acidentes registrados no km 74, ponto de acesso aos dois bairros. A obra chegou a começar em 2013, com a construtora Sociedade Mafrense de Engenharia, de Curitiba. Porém, a falência da empresa interrompeu o trabalho. O trecho foi inserido em um pacote de obras federais, porém, nenhuma empresa realizou o cadastro, atrasando ainda mais o recomeço da construção.

Para garantir agilidade, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) optou por fazer um aditivo de contrato de manutenção e conservação da rodovia. Com isso, a Infrasul, empresa vencedora da licitação de manutenção, ficou responsável pelo trabalho. O orçamento é de R$ 700 mil e o prazo inicial era de quatro meses. A obra começou, efetivamente, em setembro do ano passado.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história