Governo federal desloca Exército para ajudar atingidos por tornado em Xanxerê Sirli Freitas/Especial

Foto: Sirli Freitas / Especial

O Ministério da Integração Nacional acionou o Exército em Santa Catarina e deslocou 100 homens, além de caminhões, para ajudar na locomoção das famílias atingidas pelo tornado em Xanxerê para abrigos. O papel dos militares também é de ajudar nas buscas por vitimas e retirada de escombros dos locais atingidos.

O ministro Gilberto Occhi aguarda para a quarta-feira um levantamento da Defesa Civil catarinense sobre o que será necessário de material ou recursos para ajudar na reconstrução de casas e locais destruídos, ou no apoio a famílias atingidas. Segundo ele, até que o levantamento fique pronto os kits de higiene e limpeza, cesta básica e colchões que estiverem nos estoques no Exército poderão ser utilizados.

"Perdemos o que levamos 10 anos para construir", relata casal
Sul e Sudeste formam o segundo maior "Corredor de Tornados" do mundo

Até o fim da semana, o ministro ou o secretário da Defesa Civil Nacional, General Adriano Pereira Júnior, devem ir ao Estado e percorrer os locais atingidos.

De acordo com estimativa do prefeito de Xanxerê , Ademir José Gasparini, o tornado da tarde de ontem atingiu 2,6 mil residências e mais de 6 mil pessoas estão desabrigadas. Duas pessoas morreram e outras três estão gravemente feridas.

Até o início da tarde desta terça-feira, pelo menos 42 pessoas permaneciam em hospitais do oeste de Santa Catarina em função do tornado que atingiu a região na tarde de segunda-feira.


 

 

RÁDIO GAÚCHA
 Veja também
 
 Comente essa história