Reforma no Aeroporto Hercílio Luz deve começar em um ano, diz ministro da Aviação Civil Emerson Souza/Agencia RBS

Foto: Emerson Souza / Agencia RBS

Nesta semana foram divulgadas as obras que farão parte do pacote de concessões do governo federal. Além de trechos de rodovias e de portos, Santa Catarina tem o aeroporto internacional Hercílio Luz, em Florianópolis, dentro do pacote. De acordo com o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, o valor do investimento será de R$ 1,1 bilhão entre um novo terminal de passageiro, um pátio moderno e reparos que a pista de decolagem venha a exigir com a intensificação do tráfego aéreo.

— Eu tenho que reconhecer que o aeroporto não está a altura da importância de Florianópolis e do turismo que Florianópolis já vive e pode viver — comentou o ministro em entrevista ao apresentador Mário Motta, da CBN/ Diário, na manhã desta quinta-feira.

Governador considera que SC foi bem contemplada no pacote

As obras no aeroporto já são uma promessa antiga do governo federal, tanto que fingers e escadas rolantes que ainda não foram colocadas no terminal estão enferrujando. De acordo com o ministro Padilha, a situação é conhecida do Palácio do Planalto, mas ainda assim deve ser motivo de comemoração da população.

— Eu estaria fazendo festa! Eu também fico chateado porque as coisas não estão acontecendo. Mas agora vai acontecer. Eu faria festa.

Veja o que está no pacote de concessões previsto para SC

Na previsão do Ministério da Aviação Civil, as obras no Aeroporto Hercílio Luz devem começar em um ano. Uma PMI (proposta de manifestação de interesse) já foi redigida. Agora, empresas especializadas nesses projetos irão fazer suas propostas e uma será escolhida pelo governo para a concessão.

— Isso vai acontecer entre 90 e 120 dias a contar de ontem (quarta-feira). Depois, nós temos que elaborar um projeto básico do que vai ser a concessão e mandar o edital para o Tribunal de Contas da União, que normalmente faz algumas exigências. E lá se vão mais 90 a 120 dias. A nossa melhor experiência foi feita em 360 dias para esses casos.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história