Governo de SC apresenta novas linhas de financiamento para pesquisa Felipe Carneiro/Agencia RBS

Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Transformar o bagaço da mandioca em um produto de fibra dietética natural e dar a velhos pneus novos usos. Esse são alguns projetos de inovação em Santa Catarina que ganham um novo impulso no Estado a partir desta semana. Na quarta-feira, oito empresas assinam, em Florianópolis, contratos do BRDE Inova para projetos de tecnologia e indústria que somam R$ 56,5 milhões. O evento também irá apresentar a linha Finep Inovacred Expresso, voltada para micro e pequenas empresas, e dois editais da Fapesc para pesquisa e investimento no setor.
 
Criação de núcleo de investidores anjos aumenta apoio a empresas catarinenses inovadoras
Projeto Sapiens Centro: estímulo à tecnologia para revitalizar o centro histórico de Florianópolis

O encontro Fomento à Inovação SC é promovido em parceria com a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate). O presidente da entidade, Guilherme Bernard, destaca a importância da iniciativa:
 
— Os programas que serão lançados irão contribuir para que as empresas catarinenses continuem sendo protagonistas no desenvolvimento de soluções inovadoras.
 
Segundo o superintendente do BRDE em Santa Catarina, Nelson Ronnie, o objetivo da linha Finep Inovacred Expresso é flexibilizar o acesso ao crédito ao pequeno empresário. A tramitação simplificada é uma das características da linha, que financia projetos de até R$ 150 mil.
 
Segundo Ronnie, o cenário de maior adversidade econômica gerou uma mudança no perfil dos projetos que buscam financiamento junto ao banco.
 
— Antes, a maioria nos procurava para ampliar a produção. Hoje, o principal foco é reduzir custos e tornar as empresas mais eficientes — diz o superintendente.
 
Fapesc lança dois editais
 
O evento também terá lançamento de dois editais da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). Trata-se da a 5a edição do Programa Sinapse da Inovação e da 6a edição do Prêmio Stemmer de Inovação.
 
Oito startups de SC são selecionadas para missão ao Vale do Silício
 
Em 2015, o Programa Sinapse contará com R$ 6 milhões em SC, R$ 1 milhão a mais do que a edição do ano passado. O objetivo é transformar até 100 ideias em negócios inovadores. 
 
— Estes bolsistas não podem ser proprietários ou sócios da empresa. Mas se estiverem indo bem, podem pedir renovação das bolsas para ajudar na execução dos projetos – diz o diretor técnico-científico da Fapesc, César Zucco.
 
Já o Prêmio Caspar Erich Stemmer vai garantir o repasse de R$ 210 mil. A primeira edição do prêmio ocorreu 2009, e desde então foram contempladas 58 projetos.

UFSC terá centro tecnológico dentro do Sapiens Parque em Florianópolis

CONHEÇA AS LINHAS DE CRÉDITO

Finep Inovacred Expresso
Voltada para micro e pequenos empreendedores.
Financia projetos até R$ 150 mil.
Prazo para pagamento de até 48 meses, incluída carência de 6 a 12 meses.
Juros de TJLP + 3% ao ano.
 
Linhas de Inovação da Fapesc
5a edição do Programa Sinapse da Inovação
R$ 6 milhões para financiamento de projetos em SC.
O objetivo é transformar até 100 ideias em negócios inovadores.
Cada projeto recebe até R$ 60 mil.
 
6a edição do Prêmio Stemmer de Inovação.
Repasse de R$ 210 mil nas categorias protagonista da inovação e micro e pequenas empresas.
Três premiados em cada categoria: R$ 60 mil (1o), R$ 30 mil (2o) e R$ 15 mil (3o).
 
Programe-se
Quando: quarta-feira, às 14h
Onde: Centro de Inovação Acate – Espaço Primavera Garden, Bloco CIA, Rodovia SC-401, Km4 – Saco Grande – Florianópolis.
Inscrições: www.eventick.com.br/scinova

Oito startups de SC são selecionadas para missão ao Vale do Silício
DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história