Adolescente é morto em confronto com a PM em Camboriú Divulgação/Polícia Militar Camboriú

Policiais recuperaram objetos na casa onde ocorreu confronto

Foto: Divulgação / Polícia Militar Camboriú

Um adolescente de 16 anos foi morto em confronto com policiais militares na tarde desta quinta-feira em Camboriú. Conforme a Polícia Militar, Brayan Robert Nicolas dos Santos Pain teria atirado contra os agentes durante uma abordagem no bairro Barranco. Um dos PMs revidou e atingiu o jovem. O Samu chegou a ser chamado, mas o adolescente não resistiu ao ferimento.

Leia mais notícias sobre Segurança
Curta nossa página no Facebook

A ocorrência aconteceu às 15h45 desta quinta. Conforme a PM, a central emergências recebeu a informação que um Fiat Uno vermelho estacionou próximo à Câmara de Vereadores e dois homens, um deles de boné vermelho e bermuda, colocaram uma televisão e uma mala preta dentro do veículo. Em rondas, os policiais localizaram o carro e abordaram os suspeitos, que disseram ter deixado o material em uma casa abandonada no bairro Barranco.

Os agentes foram até a casa, localizada na Rua São Pedro. Ao entrar no local, foram surpreendidos por Brayan, que estava na lateral da residência e atirou contra os policiais. Um dos PMs revidou e atingiu o adolescente, que morreu no local. Com o jovem, que trajava bermuda e boné vermelho, foi apreendido um revólver calibre .22.

Os dois homens abordados no Fiat Uno, de 19 e 47 anos, foram presos e encaminhados à delegacia de polícia junto com o material apreendido na casa abandonada. A dona dos objetos já foi localizada pela polícia.

Ainda, de acordo com a PM, Brayan possuía passagens policiais por tráfico de drogas, furto, posse de drogas e de munição e roubo de veículo. Na casa onde o garoto estava havia sinais de consumo de entorpecentes.

O SOL DIÁRIO
 Veja também
 
 Comente essa história