Câmara derruba veto da prefeitura e deixa Florianópolis 53 anos mais velha Dany Klein/Dany Klein

Cidade tem agora 342 anos

Foto: Dany Klein / Dany Klein

Agora é oficial: Florianópolis é 53 anos mais velha do que se imaginava. A Câmara dos Vereadores da Capital derrubou, de forma unânime, na noite desta quarta-feira, o veto do prefeito Cesar Souza Junior (PSD) para a mudança  na data da fundação da cidade. Com isso, o município, que, até ontem, tinha 289 anos, hoje, acorda com 342.

Um dia por ano, a capital de Santa Catarina muda para outra cidade

O projeto de lei 15.709/15, de autoria do vereador Afrânio Boppré (PSOL) foi tema de bastante debate em Florianópolis. A base da proposta é um estudo do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina (IHGSC) que aponta que, em 1673, o bandeirante Francisco Dias Velho mandou uma esquadra de homens e familiares para povoar a Ilha, quando o território ainda era parte de Laguna. O episódio seria considerado a fundação da cidade.

No documento, os historiadores afirmam que, em geral, os municípios comemoram a  fundação e não a emancipação das cidades. Por isso, a defesa de que a data fosse modificada — antes da aprovação, se considerava como aniversário da cidade o dia 23 de março de 1726, quando o que à época era a Ilha do Desterro se separou de Laguna.

Historiadores não concordam sobre mudança de data

Quando o projeto chegou à Prefeitura, depois de duas aprovações em sessões nos dias 15 e 16 de junho, o prefeito Cesar Souza Junior vetou a proposta dizendo que a mudança teria um impacto financeiro grande para o município. Os gastos seriam com trocas em livros didáticos, material de divulgação e nas próprias bandeiras da cidade que cravam a data de 1726. Além disso, o prefeito afirmou que a alteração traria um choque cultural para o município.

Prefeitura estuda medidas para barrar mudança na data

A data do aniversário da cidade, no entanto, se mantém em 23 de março. A justificativa para isso é que não existem documentos concretos que mostrem o dia da chegada dos primeiros colonizadores.

Conheça um pouco mais do brasão que está na bandeira de Florianópolis:

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história