O ministro da Economia, Ciência e Segurança Digital da Alemanha, Wolfang Tiefensee, o vice-ministro da Economia e Energia da Alemanha, Matthias Machnig; e os ministros de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Armando Monteiro, e o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, são as maiores autoridades que vão participar do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), em Joinville, entre 20 e 22 de setembro.

Leia outras colunas de Claudio Loetz 

Agronegócio, inovação e pequenas e microempresas serão os temas que técnicos e empresários vão analisar no primeiro dia do evento, que tem como argumento central Cooperação para superar desafios. Em jantar, na Sociedade Harmonia-Lyra (foto), será entregue o prêmio aos empresários Weber Porto, CEO da Evonik Degussa Brasil, e Heinz Hermann Thiele, proprietário e presidente do conselho da Knorr-Bremse Group, da Alemanha.

Confira a programação oficial do Encontro Econômico Brasil-Alemanha:

20 de setembro, Domingo

10h às 11h:
Reunião de negócios para iniciativa do agronegócio.
Local: Bourbon Hotel.

13h30 às 16h30: Fórum
da Inovação.
Local: Bourbon Hotel.

14h30 às 17h: Fórum das PMEs.

19h às 23h: Jantar Prêmio Personalidade Brasil-Alemanha 2015.
Local: Sociedade Harmonia-Lyra.
Premiado da Alemanha: Heinz. Hermann Thiele.
Premiado do Brasil: Weber Porto.

21 de setembro, Segunda-feira

Local: Complexo Expoville.
9h às 10h30: Sessão de abertura do Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2015 – Cooperação para superar os desafios.
Discursos: Robson Braga de Andrade, presidente da CNI; Ulrich Grillo, presidente da BDI; Matthias Machnig, vice-ministro da Economia e Energia da Alemanha; e Armando Monteiro, ministro do Desenvolvimento,
da Indústria e do Comércio Exterior do Brasil.

10h às 12h30: Painel – Políticas econômica e comercial e oportunidades de negócios entre Alemanha e Brasil.
Moderadora: Hildegard Stausberg, jornalista
Debatedores: David Barioni Neto, presidente da Apex-Brasil; José Augusto Fernandes, diretor de políticas estratégicas da CNI; Ingo Plöger, presidente do Ceal; e Matthias Machnig, vice-ministro da Economia e Energia da Alemanha.

12h30 às 13h: Conferência de imprensa.

14h: Lançamento do livro Fiesc/Steinbeis: Qualidade Inovação: O Valor do Novo.
Plenária: Glauco José Côrte, presidente da Fiesc; Wolfgang Wolf, diretor da Associação das Indústrias de Baden-Württemberg; e Franziska Koch, gerente executiva da América Latina da Steinbeis School of International Business ante Entrepreneurship.

14h45 às 16h15: Fórum 1 – Inovação para o futuro.
Observações: Aldo Rebelo, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação.
Moderador: Wilson Bricio, presidente da ZF América do Sul.
Kick-off: Pedro Wongtschwoski, presidente da Embrapii.
Debatedores: Paulo Mól, superintendente do IEL; Raoul Klingner, desenvolvimento de negócios internacionais da FhG; Sergio Gargioni, presidente da Fapesc; Marcos Vinicius de Souza, secretário de inovação do MDIC; e Norbert Lütke-Entrup, membro do Comitê da BDI de Políticas para Pesquisa, Inovação e Tecnologia.

14h45 às 16h15: Fórum 2 – Bioeconomia e Biotecnologia
Moderador: Diana Jungmann, coordenadora de propriedade intelectual e bioeconomia
da unidade de política industrial da CNI.
Kick-off: Robert Kloos, secretário de Estado do Ministério Federal da Alimentação e Agricultura da Alemanha.
Debatedores: Peter Nagler, chefe de inovação internacional da Evonik; Marcelo Castelli, presidente da Fibria; Ércio Kriek, CEO de Eco Conceito Brasil S.A.; e Roseli Ferrari, Instituto de Tecnologia de Alimentos.

16h45 às 18h15: Fórum 3 – Digitalização da economia.
Moderador: Stefan Mair, membro da BDI.
Kick-off: Wolfgang Tiefensee, ministro da Economia, Ciência e Segurança Digital da Alemanha.
Debatedores: Paulo Stark, presidente e CEO da Siemens (BR); Valsoir Tronchin, vice-presidente da SAP Brasil; Ailton Mardini, CEO da Stefanini; e Harry Schmelzer Jr., presidente da WEG.

16h45 às 18h15: Fórum 4 – Desafios enfrentados pelas cidades.
Moderador: José Augusto Coelho Fernandes, diretor de políticas estratégicas da CNI.
Kick-off: Görge Deeberg, Instituto Fraunhofer Projeto Morgenstadt.
Debatedores: Frank Zörner, diretor da BN Umwelt GmbH, Rostock; Udo Döhler, prefeito de Joinville; Paulo Ferreira, secretário de saneamento ambiental do Ministério das Cidades; Christoph Busch, CEO da AVG Cologne; e Thomas Berger, diretor da Sapotec.

18h30 às 20h: Apresentação da Escola Bolshoi.

22 de setembro, Terça-feira

8h30 às 13h45:
Encontros de negócios – alimentos e bebidas, energia, software, metal-mecânico (Apex-Brasil e CNI).

9h às 10h30: Fórum 5: Mobilidade e conectividade.
Moderador: João Emílio Gonçalves, gerente executivo de políticas industriais da CNI.
Palestrante: a definir.
Kick-off: Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN América Latina e da Volkswagen Ônibus e Caminhões.
Debatedores: Arturo Piñeiro, CEO da BMW Brasil; Luiz Moan Yabiku Junior, presidente da Anfavea; Maximiliano Martinhão, secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações do Brasil; Peter Mirow, diretor executivo da DB International Brasil; e Ideval Munhoz, presidente da T-Systems (BR)

9h às 10h30: Fórum 6: Saúde.
Moderador: Jörg Heukelbach, professor Universidade do Ceará.
Kick-off: Wilson Zampini, presidente da Ottobock
Regional América Latina.
Debatedores: Bodo Kress, chefe de neurorradiologia da Hildegardis Nordwest; Roberto Liesegang Motta, da Fernandes Rocha Advogados; Reginaldo Arcuri, presidente executivo do Grupo FarmaBrasil; Eduardo Jorge Valadares, diretor do Ministério da Saúde do Brasil; e Marcio Falci, conselheiro do comitê científico da Biolab.

10h30 às 12h: Fórum 7: Energia e Infraestrutura.
Moderador: Wagner Cardoso, gerente executivo de Infraestrutura da CNI.
Kick-off: Andre Clark
Juliano, vice-presidente de negócios internacionais da Camargo Corrêa.
Debatedores: Cleverson Aroeira, chefe do departamento de transporte e logística do BNDES; Julian Thomas, gerente-geral da Hamburg Süd e Aliança; Benjamin Steinbruch, presidente da CSN; Hans-Dieter Beuthan, advogado da Beuthan & Associados; Mauro Ribeiro Viegas Filho, presidente do conselho de administração da Concremat.

10h30 às 12h: Workshop: Segurança no trabalho – Consequências da Norma Regulamentadora Nº 12.
Moderador: Thomas Junqueira Ayres Ulbrich, diretor executivo da VDMA Brasil.
Kick-off: Hermann Wegner, diretor-geral da TÜV Rheinland Brasilien.
Debatedores: Martin Kunze, diretor-geral da TÜV Rheinland Brasilien; Aida Becker, Ministério do Trabalho e do Emprego do Brasil; Michael Teschner, diretor da Multivac; Alexandre Furlan, diretor da CNI; Wilson Bricio, presidente da VDI Brasil e
líder da MEI/CNI; Lorenzo Righetti, Abimaq.

12h às 12h30: Encerramento e divulgação do EEBA 2016 no Estado de Turíngia, na Alemanha. Assinatura de convênio entre
o Senai e Fraunhofer.

14h30: Visitas ao Porto de Itapoá, Siemens/Perini Business Park, BMW e Instituto Senai de Inovação de Manufatura.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história