O reitor da Universidade de Schmalkalden, Elmar Heinemann, assina convênio com a reitora da Univille na próxima terça-feira, último dia do Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que ocorrerá em Joinville a partir de domingo. O ato deverá ser acompanhado do ministro da Economia, Ciência e Segurança Digital do Estado da Turíngia (Alemanha), Wolfgang Tiefensee.

A instituição de ensino alemã tem 3 mil alunos e enfoque voltado para as áreas de tecnologia e inovação. O acordo é amplo e abrange áreas de intercâmbio entre professores e alunos, além de uma possível cooperação técnico-científica em pesquisa em economia e negócios; direito empresarial; ciência da computação; engenharia elétrica e engenharia mecânica. A Univille já formalizou, há alguns anos, outro convênio com a Universidade de Erlangen, na Baviera.


Leia outras colunas de Claudio Loetz 


Donini e os vinhos

O empresário jaraguaense Vicente Donini comprou uma fazenda de 52 hectares em São Joaquim, onde vai construir uma vinícola. Já há 6,2 hectares de vinhedos, plantados em 2011, pelo antigo proprietário. Donini vai expandir os pomares para oito hectares no próximo ano. Até agora, foram feitas duas colheitas: uma em 2014 e outra neste ano. No final de 2015, será engarrafada uma leva de vinhos, ainda em parceria com o ex-dono do local. Em março de 2016, ele promete fazer a primeira colheita já como proprietário da área. A vinícola Villa Francioni vai vinificar as uvas até que a unidade fique pronta, o que deve acontecer em 2018. A construção começa um ano antes. No futuro, a intenção do empresário é expandir atividades. Virá então uma pousada para atender a turistas.


PPR

A Buddemeyer, de São Bento do Sul, distribui parcela semestral do programa de participação nos resultados (PPR) hoje aos seus 1.200 funcionários. O valor corresponde a 80,68% do salário nominal de agosto para cada empregado ou a 1,61 salário nominal para cada trabalhador se o valor for anualizado. A Buddemeyer tem priorizado o ganho variável baseado em metas de produtividade e qualidade.


Mais férias

A Tupy enviou comunicado ao Sindicato dos Metalúrgicos de Joinville no qual avisa que estenderá até o dia 2 de outubro as férias coletivas dadas a 350 funcionários do setor de conexões, onde houve um acidente de trabalho fatal recentemente. A informação é do sindicato laboral. Esta linha específica de produção está parada. Os demais milhares de empregados da metalúrgica voltarão às suas atividades no dia 21 de setembro, depois de férias coletivas iniciadas no dia 8 deste mês. Neste caso, a parada aconteceu em razão da necessidade de adequar estoques ao nível de consumo do mercado. A assessoria da empresa foi procurada nove vezes ao longo da tarde de ontem, mas não foi localizada em telefone fixo e nem no celular para se posicionar a respeito.


Novo comando

A partir de 1º de outubro, Deborah Vieitas (foto) substituirá Gabriel Rico como CEO da Amcham Brasil. Será a primeira mulher à frente da entidade nos seus 96 anos de existência. Deborah atuou em cargos de direção do Banco Caixa Geral-Brasil, parte do maior conglomerado financeiro português, Banco BNP Paribas, Banco CCF Brasil e Unibanco, além da Associação Brasileira de Bancos Estrangeiros. A Amcham representa, aqui, os interesses dos empresários norte-americanos e brasileiros.


Tecnologia

Em parceria com a empresa OMP Taglio, o Senai de Joinville desenvolveu uma máquina híbrida para o corte, medição, desmagnetização e limpeza de tubos e barras, aplicada principalmente à indústria automobilística e de duas rodas (bicicletas e motos). A empresa já orçou negócios de R$ 2 milhões para a venda do equipamento.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história