Dia de agenda cheia para os alemães que participam do Encontro Brasil-Alemanha Rogerio da Silva/Divulgação

Representantes do Ministério da Agricultura da Alemanha visitaram a Casa Krüger

Foto: Rogerio da Silva / Divulgação

A 33ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA) abre oficialmente nesta segunda-feira, às 9h, na Expoville, em Joinville. Com o tema Cooperação para superar desafios, o evento soma 1,2 mil inscritos.

Após a cerimônia de abertura, será realizado o painel sobre políticas econômica e comercial e oportunidades de negócios entre Brasil e Alemanha, além de fóruns sobre inovação, bioeconomia e biotecnologia, digitalização da economia e os desafios enfrentados pelas cidades. Também será lançado pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) o livro Qualidade inovação: o valor do novo.

Cartão postal

Embora a abertura oficial seja apenas nesta segunda, o domingo foi de agenda cheia para os visitantes alemães. Vários eventos paralelos discutiram desafios e oportunidades em diferentes setores e ainda deu tempo de conhecer um pouco da cultura local.

A tradicional Casa Krüger, no distrito de Pirabeiraba, em Joinville, foi o primeiro ponto turístico apresentado aos representantes do Ministério da Agricultura da Alemanha, neste domingo. O imóvel, construído em 1925, é um dos cartões postais de Joinville. Em 1996, foi tombado pelo Estado como patrimônio histórico.

Durante a visita ao imóvel, a equipe do ministério foi recepcionada com música germânica, tocada por um grupo de bandoneon de Pirabeiraba. Os visitantes também conheceram a Feira de Artesanato e Produtos Agrícolas, a empresa de produtos orgânicos Viapaxbio e a região da Estrada Bonita.

O vice-ministro da Agricultura da Alemanha, Robert Kloos, disse que um dos objetivos dessas visitas é conhecer a agricultura familiar da região de Joinville.

— Na Alemanha temos 300 mil propriedades agrícolas e 290 mil estão nas mãos de famílias. Os investimentos em tecnologia contribuíram muito para que essas áreas continuem com os familiares. Essa experiência queremos trocar com o Brasil — revelou.

Prêmio Personalidade Brasil-Alemanha 2015

 

Em uma jantar festivo, lideranças empresariais e autoridades políticas participaram, neste domingo à noite, na Sociedade Harmonia-Lyra, do Prêmio Personalidade Brasil-Alemanha 2015.

O reconhecimento foi criado em 1995, pela Confederação Alemã das Câmaras de Comércio e Indústria e pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK-SP).

Anualmente, são agraciadas duas personalidades, uma de cada país. Neste ano, os homenageados foram o alemão Heinz Hermann Thiele e o brasileiro Weber Porto.

Heinz

Heinz é presidente do Conselho do Grupo Knorr-Bremse, empresa líder na produção de sistemas de freios para veículos ferroviários e comerciais. Ingressou na empresa em 1969, tornou-se o principal acionista em 1985 e se dedicou inteiramente ao seu crescimento. É apoiador do trabalho voluntário da companhia no Brasil.

Porto

Weber Porto é presidente regional para a América do Sul e América Central da Evonik, uma das maiores empresas de especialidades químicas do mundo. Iniciou a carreira na empresa em 1983, na época chamada de Degussa. Viveu seis anos pela Alemanha e dois anos e meio na Argentina em função da empresa.

Em 2000, foi eleito o primeiro presidente brasileiro da Evonik no País e foi presidente da Câmara Brasil-Alemanha de SP. Dois catarinenses receberam a mesma distinção em anos anteriores: Osvaldo Douat, em 2002; e Décio da Silva, em 2013.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história