Quatro tiros à queima roupa decretaram a morte de Célio Fernandes da Silva, de 26 anos, na madrugada de segunda-feira. Ele visitava os filhos na casa da ex-mulher, no bairro Alto Forquilhinhas, em São José, quando um homem ainda não identificado entrou na casa, efetuou os disparos e depois fugiu. O caso está sendo investigado da Delegacia de Polícia de São José. A vítima tinha passagens na polícia.

O boletim de ocorrência relata que Célio teria chegado na residência na noite de domingo para visitar os filhos. Em seguida, deitou no sofá da sala, perto de uma janela para descansar. Pouco depois da meia-noite, um homem armado apareceu na janela e efetuou quatro tiros à queima roupa. Até a noite de segunda-feira, ninguém havia sido preso.

Célio era conhecido como "Baladinha" e tinha passagens na polícia por violência doméstica, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por uma dívida entre Célio e o atirador. De acordo com a polícia, algumas testemunhas informaram que o autor dos tiros seria um bandido chamado "Tchê", morador da comunidade Vila Formosa.

HORA DE SANTA CATARINA
 Veja também
 
 Comente essa história