A Polícia Civil prendeu na última quinta-feira um homem que se passava por policial federal durante uma operação de combate a pirataria no camelódromo de Balneário Camboriú. De acordo com a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), ele é membro do Conselho Estadual de Combate à Pirataria (CECOP) e já foi Secretário Adjunto de Segurança e Defesa do Cidadão de Florianópolis em 2014.

Operação apreende cerca de três toneladas de mercadorias falsificadas em Balneário Camboriú
Curta a página do Sol Diário no Facebook

Enquanto realizam a apreensão de roupas e eletrônicos falsificados em conjunto com a Receita Federal, os policiais desconfiaram do distintivo de agente do Poder Judiciário Federal pendurado no pescoço do homem e pediram sua identificação funcional. Além de não ter a carteira de policia federal, o homem ainda usava com uma pistola sem ter o porte de arma. Ele foi preso em flagrante pelos dois crimes.
O SOL DIÁRIO
 Veja também
 
 Comente essa história