Motorista é preso na BR-101 após provocar diversos acidentes divulgação/divulgação

Condutor chegou a ameaçar suicídio após acidente e agentes da PRF tiveram que negociar por 30 minutos

Foto: divulgação / divulgação

Extremamente agitado e fora de controle. Assim agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontraram o motorista Miguel Ângelo Furtado, 45, nesta sexta-feira, por volta das 12h30, após ele capotar o veículo Zafira, de placas IMU-5289, de Porto Alegre (RS). Depois do acidente, o condutor ainda chegou a ameaçar a própria vida e de policiais com dois facões e uma machadinha, mas foi contido pelos agentes. O caso gerou cerca de 5 quilômetros de filas na BR-101, sentido Norte. Miguel foi preso e levado para a Central de Polícia de São José, onde a ocorrência começou.

Confira mais informações no Trânsito 24h

A PRF recebeu o primeiro chamado sobre o caso ainda por volta das 12h, informando que um Zafira estaria batendo em vários veículos na Via Expressa, que estava com tráfego lento. Em seguida, os agentes fizeram uma barreira no posto da PRF de Biguaçu para conter o veículo, mas Miguel não parou o carro. Foi quando os agentes iniciaram uma perseguição ao veículo.

Miguel seguiu viagem até capotar o carro em Itapema, a cerca de 60 quilômetros de Florianópolis. No percurso, chegou a bater em vários veículos na estrada. Os agentes bloquearam a rodovia, no sentido Norte, e negociaram a rendição do condutor. No entanto, segundo a PRF, Miguel estava "muito alterado" e pendurou dois facões no pescoço, ameaçando se matar.

A negociação demorou cerca de 30 minutos, até que os agentes usaram a força e precisaram utilizar um taser para imobilizar Miguel. Dentro do veículo foram encontrados dois facões, uma machadinha e uma pequena quantidade de maconha. Ele foi levado para a Central de Polícia de São José, onde responderá pelos crimes de direção perigosa e porte de entorpecentes.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história