Novos guardas municipais de Balneário Camboriú iniciam atividades na Operação Veraneio Marcos Porto/Agencia RBS

Formação de novos guardas municipais encerra em dezembro

Foto: Marcos Porto / Agencia RBS

Balneário Camboriú terá o reforço de mais 67 guardas municipais já na próxima Operação Veraneio, em dezembro. Até lá, os profissionais passam por uma formação de 900 horas, coordenada pela Polícia Militar. O curso alia teoria e prática e prepara os guardas para os desafios que serão encontrados durante o trabalho. Com o ingresso dos novos integrantes, a Guarda Municipal Armada (GMA) contará com 146 profissionais — 11 a mais que o efetivo da PM na cidade.

Leia mais notícias sobre Segurança
Curta nossa página no Facebook

O secretário de Segurança de Balneário Camboriú, coronel Edemir Meister, afirma que a intenção da prefeitura é chegar a 200 guardas municipais em 2016. De acordo com ele, o novo efetivo possibilitará ampliar o trabalho que é feito na cidade. Nos três primeiros anos de atuação da Guarda Municipal, foram atendidas 14 mil ocorrências. Somente no ano passado esse número saltou para 18,6 mil atendimentos, um aumento de quase 33%.

— A Guarda Municipal tem quatro anos de implantação, mas já podemos perceber a evolução e a experiência com base nesses atendimentos. Estamos implementando cada vez mais a participação do município para dar mais segurança à população — avalia.

Sindicato da Polícia Civil diz que impedirá ação de guardas na delegacia
Guarda envolvido com foto comprometedora poderá ser punido

O efetivo da GMA conta com ainda três bases fixas na Avenida Atlântica (Barra Sul, Praça Almirante Tamandaré e Pontal Norte), além de 26 veículos para atuação em rondas e operações. O secretário de Segurança explica que o novo efetivo terá todo o equipamento necessário para começar as atividades. Segundo o coronel, as áreas de atuação serão definidas conforme a demanda.

— Nossa atuação se concentra na orla, pois é ali que está a maior movimentação de público e turistas. A distribuição dos novos guardas ainda será planejada — observa.

Guardas aprenderão técnicas policiais

O comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Evaldo Hoffmann, relata que os novos guardas municipais recebem uma formação teórica e prática nos padrões do Ministério da Justiça. O curso inclui diversos conteúdos, como direitos humanos, noções de direito penal e prática com armamento e tiro. Os alunos também aprendem técnicas policiais para fazer abordagens, progressões em terrenos e entrada em edificações, por exemplo.

— Eles recebem o mesmo treinamento que é dado aos policiais militares. A única diferença é que a nossa formação é o dobro de horas — comenta.

Conforme o comandante, a formação deve encerrar em 17 de dezembro deste ano. Depois disso os novos integrantes estarão aptos para iniciar o trabalho. Hoffmann avalia como positivo o reforço no número de guardas e não vê problemas pelo efetivo ser maior do que o da PM:

— Cada um tem a sua missão, não vejo empecilho. Fazemos muitas operações em conjunto e a Guarda Municipal sempre nos dá apoio.

O SOL DIÁRIO
 Veja também
 
 Comente essa história