Polícia Civil prende três homens suspeitos de atacar delegacia de Camboriú Divulgação/Polícia Militar de Camboriú

Vidro da frente da delegacia foi quebrado com os disparos

Foto: Divulgação / Polícia Militar de Camboriú

A Polícia Civil prendeu na terça-feira três suspeitos de terem participado do atentado contra a Delegacia do Monte Alegre, em Camboriú. O trio, de 19, 24 e 27 anos, teria feito 18 disparos contra a frente da unidade no dia 30 de agosto. As prisões foram feitas pela Delegacia de Polícia da Comarca de Camboriú e com apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú.

Delegacia de Camboriú é alvo do segundo atentado em 15 dias

Durante as investigações, foi apurado, além da autoria, a motivação do ataque. Segundo a polícia, teria sido uma retaliação em função da morte de um criminoso dois dias antes em confronto com a Polícia Militar.

— Foi um trabalho sigiloso e eficiente — ressaltou o delegado Osnei de Oliveira, em relação à ação integrada das duas unidades policiais.

O ataque foi o terceiro à delegacia em menos de dois meses — o último havia ocorrido 15 dias atrás.

O SOL DIÁRIO
 Veja também
 
 Comente essa história