Mais de 32 milhões de argentinos são esperados nas seções eleitorais que abriram neste domingo às 9h (de Brasília) para as eleições gerais em que será escolhido o sucessos da presidente Cristina Kirchner, com a incógnita sobre um possível segundo turno.

Com o governista Daniel Scioli favorito nas pesquisas de intenção de voto, seguido pelo opositor conservador Mauricio Macri e o peronista de centro-direita Sergio Massa, os eleitores se perguntam se é possível definir esta eleição neste domingo - diante da apertada diferença entre os rivais nas últimas pesquisas.

As seções fecham às 19h (de Brasília).

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história