Chuva causa alagamentos e transtornos no Norte de Santa Catarina divulgação/divulgação

Há diversos pontos de alagamento em Joinville

Foto: divulgação / divulgação

Cidades de vários pontos da região Norte de Santa Catarina registraram prejuízos e transtornos por causa das fortes chuvas. Há desalojados e desabrigados em Três Barras e vários pontos de alagamento em cidades como Joinville, Jaraguá do Sul e Papanduva. Há também cidades em alerta. Confira como está a situação em cada localidade.

Ao Vivo: Confira a situação das chuvas em Joinville e região

Jaraguá do Sul: choveu 85mm nas últimas 24 horas. O Rio Cerro, Rio da Luz e Jaraguá estão em alerta. O rio Jaraguá está 2,90 acima do nível normal e estão em nível de emergência. Nenhuma família está fora de casa. Os bairros do interior da cidade são os que mais preocupam: bairro Rio Cerro, bairro Rio da Luz, bairro 84, bairro 99 e bairro Garibaldi.  Pontos de alagamento no interior. Laterais das SC 110 e 413 estão com pontos de alagamento.

Guaramirim: deslizamento de terra na Rodovia do Arroz.

Campo Alegre: queda de granizo, sem gravidade.

Joinville: vários pontos de alagamento no Centro, no Anita Garibaldi e no Floresta. Transtornos também no Vila Nova. No Jativoca, o rio águas vermelhas deixa a Defesa Civil em estado de alerta.

Leia também: Confira como estão as obras do plano anticheias em Joinville

Canoinhas: Alerta máximo. Defesa Civil tem abrigos montados. Vários pontos de alagamento. O Rio Canoinhas continua em altura de alerta. Segundo o monitoramento da Epagri, desde ontem o nível está em 7,12 metros – a cota de alerta é 6,35.

Papanduva: Granizo caiu na noite desta quarta-feira. Chuva forte, alguns alagamentos, mas só coisa pontual.

Três Barras: Passou de 37 (no início da semana) para 60 o número de famílias desabrigadas. São 52 famílias desalojadas. O nível do Rio Canoinhas continua subindo e estão monitorando. Algumas ruas com um metro de alagamento. O nível do Rio Negro está estável.

Schroeder: rios deixam a Defesa Civil em estado de alerta. Alguns pontos de alagamento.

* Com informações da RBS TV Joinville

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história