Cidades do Alto Vale são prejudicadas pelas chuvas nesta quinta-feira Defesa Civil Ituporanga/Divulgação

Abrigos nos bairros Vila Nova, Gabiroba e Santo Antônio estão abertos em Ituporanga

Foto: Defesa Civil Ituporanga / Divulgação

As fortes chuvas que atingem Santa Catarina deixam cidades do Alto Vale em estado de emergência. Um dos cenários mais críticos ocorreu em Ituporanga já na quarta, quando a prefeitura decretou situação de emergência. Nesta quinta, as águas do rio Itajaí do Sul, o principal que corta a cidade, se estabilizaram, mas a cota de segurança é de 4 metros. Taió segue em estado de emergência de inundação com a margem de segurança de 10,5 metros.

::: Passa de 400 o número de pessoas em abrigos em Rio do Sul

Barragem de Taió opera com capacidade máxima

Taió segue em estado de emergência de inundação com a cota de emergência de 10,5 metros e de alerta para 11 metros. A Defesa Civil do município informa que as pessoas que se encontram nesta cota devem começar a se mobilizar para áreas seguras do município. O acumulado de chuva previsto é de 120 mm a 200 mm. Às 22h, o rio Itajaí do Oeste, no Centro da cidade, alcançava a marca de 9,59 metros. A barragem de Taió opera com a capacidade máxima e com quatro comportas fechadas e três abertas.

Lontras também é afetada pelas chuvas

A chuva causa problemas também em Lontras. De acordo com o coordenador da Defesa Civil do município, Jefferson Flores, não há acesso para Presidente Nereu, pois há pontos de alagamentos na região. No Centro da cidade os comércios retiraram móveis e fecharam, já que há água nas ruas. Quatro abrigos estão abertos na cidade: o salão da Igreja Matriz, o da Igreja Luterana, o da Madre Paulina e da Igreja Bom Jesus

Há cerca de 60 famílias em abrigos e a Defesa Civil ainda está contabilizando o número de pessoas alojadas na casa de parentes assim como os pontos de deslizamento de terra. As aulas foram suspensas e as unidades de saúde atendem em sistema de plantão, já que muitos dos servidores são de outras cidades da região e não conseguiram chegar a Lontras devido à chuva.

Ituporanga tem cota de segurança de 4 metros

A Defesa Civil de Ituporanga estabeleceu na tarde desta quinta-feira a cota de segurança de 4 metros do Rio Itajaí do Sul na cidade. À noite, de acordo com a Defesa Civil, 22 famílias estavam em abrigos situados nos bairros Vila Nova, Gabiroba e Santo Antônio.

 A barragem começou a verter água às 11h20min e às 22h operava com 22% a mais da sua capacidade total, com todas as comportadas fechadas.

A orientação é para que pessoas que moram ou têm comércio nas áreas mais baixas se desloquem para um local seguro. O município decretou situação de emergência na noite de quarta-feira, após as chuvas provocarem alagamentos e deslizamentos. O decreto tem vigência de 180 dias. 


Situação da Barragem Sul na manhã desta quinta-feira (Foto: Gilmar de Souza, Agência RBS)

O nível do rio em Ituporanga estabilizou em 2 metros e os alagamentos na área central só começam na marca de 3,20 metros. 

As aulas nas redes municipal e estadual de ensino e as creches estão suspensas até sexta-feira.
JORNAL DE SANTA CATARINA
 Veja também
 
 Comente essa história