A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável do governo do Estado vai realizar reunião em Joinville no dia 12 de novembro. Em pauta, a estruturação do Programa SC Bem Mais Simples. A iniciativa deverá possibilitar que as empresas possam ser fechadas na Junta Comercial mesmo quando tiverem dívidas com o Fisco estadual.

A informação é do secretário Carlos Chiodini, em encontro da plenária da CDL de Joinville.

Outra ação da pasta prevê ampliar o Programa Juro Zero para as micro e pequenas empresas. Estas companhias poderão captar R$ 15 mil a juros de 1%, em financiamento a ser operado pelo BRDE. Coisa para o começo de 2016. Chiodini fez um chamamento às lideranças políticas e empresariais de Joinville no encontro. Disse que a construção do Centro de Inovação exige a parceria e o comprometimento de todos. O empreendimento joinvilense ainda nem saiu da prancheta.

O prefeito em exercício, Rodrigo Fachini, e vereadores do PMDB ouviram o recado.


Leia mais colunas de Claudio Loetz


Rumo ao Paraguai

A tradicional Indústrias Colin pode transferir sua produção de Joinville para o Paraguai. A consultoria Donner & Prosper, de André Lima, foi contratada para auxiliar na análise do projeto. Não é a única a avaliar a possibilidade de fabricar no país vizinho. Muitas companhias catarinenses já fizeram o mesmo movimento. A Buddemeyer, de São Bento do Sul, é uma delas.

Fundada em 1952, fundiu-se com parceira paraguaia. Juntas, ergueram uma fábrica no país. Motivos são de fácil compreensão. Lá, os custos de energia e de mão de obra são menores. Há regras jurídicas claras e programas de atração de investimentos interessantes. A carga tributária é menos onerosa. Só de 2012 a 2014, as empresas brasileiras investiram US$ 856 milhões no Paraguai. Entre elas, grandes corporações nacionais, como a Camargo Correa, a Eurofarma e a JBS se instalaram lá.


Design e inovação

Luis Alt, cofundador da Escola de Inovação em Serviços do Mundo (Eise) e cocriador e professor do primeiro curso de design thinking da América Latina, faz palestra amanhã, na Univille, no Gampi Design, às 20 horas. Vai falar da experiência de consultoria em inovação para marcas como Itaú, Brastemp, Natura, AmBev, Bradesco e Petrobras.


Novos consultores

Nadine Schlei e Wagner Bergamo são os novos consultores da Apex Executive. Nadine é expert em gestão estratégica de pessoas. Tem 15 anos de experiência em empresa familiar de grande porte e em multinacional do setor automotivo. Bergamo focou a carreira nas áreas de marketing e logística. Trabalhou em companhias química, petroquímica e em fábricas de cimento.


Licença prévia

O Ibama concedeu a licença ambiental prévia (LAP) número 518/2015 para a Itapoá Terminais Portuários. O documento se refere ao projeto de ampliação das instalações e pede que a empresa responda a alguns questionamentos. O porto pretende responder no prazo de até 30 dias. As etapas seguintes são a busca pela obtenção das licenças ambientais de instalação e de operação. O empreendimento ocupa 156 mil metros quadrados e pode movimentar 500 mil TEUs por ano.


Grife inaugura

A franquia espanhola Saboreatéycafé, especializada em chás e cafés mundialmente conhecidos, inaugura neste sábado a sua unidade de Joinville, no Espaço Marquês, na avenida Marquês de Olinda.


Cobrança

Próximo ao fim de cada ano, a situação se repete. A Receita Federal encaminha cobrança a micro e pequenas empresas enquadradas no Simples Nacional e que estão com recolhimento de impostos em atraso. O não pagamento pode resultar em exclusão do sistema tributário.


Terceirização

O escritório do World Trade Center promove no dia 27 de outubro um seminário sobre terceirização em Joinville.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história