Conheça o 'James', aplicativo que funciona como assistente pessoal criado por um joinvilense Salmo Duarte/Agencia RBS

O aplicativo é gratuito e o download já está disponível para Android

Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Ele não é programador profissional e nem trabalha com sistemas de informação, mas criou um aplicativo para celular que pode te ajudar a lembrar de tarefas importantes ou simples do dia a dia.

Aplicativos semelhantes já existem, mas não como o James. Ele faz você lembrar de uma atividade toda vez que chega a um lugar específico. Por exemplo, quando você entra ou passa perto de um supermercado, o aplicativo avisa que você tem uma lista de compras pendente.

Leia mais notícias de Joinville e região no AN.com.br

O responsável pela criação deste assistente pessoal chamado James é o joinvilense e advogado Fábio Pereira, de 40 anos. Especialista em direito trabalhista e com formação em eletrônica, Fábio aproveita as horas vagas para se divertir com a área de programação.

A ideia surgiu por uma necessidade pessoal. Com tantas atividades para dar conta ao longo do dia, Fábio acabava esquecendo de coisas simples. 

— Programo computador desde criança, por mais que trabalhe em outra área, acabo fazendo alguma coisa relacionada com a programação. O James é uma ideia bem antiga, na época nem havia ferramenta para isso. Só quando a tecnologia evoluiu é que tive o insight de desenvolver o aplicativo — contou.

O aplicativo reconhece os lugares pelas redes de internet. Fábio explica que o aplicativo não precisa necessariamente estar conectado à rede, apenas olhar para ela. Desta forma, o James consegue mapear os lugares que você frequenta. As listas de tarefas são associadas aos lugares que podem ser específicos ou genéricos.

A lista do supermercado dada como exemplo pode ser ativada toda vez que você entra em um estabelecimento do gênero. O James também permite a criação de compromissos antes de chegar a um local ou ao sair dele e pode ativar o modo silencioso do seu celular toda vez que chega a um lugar específico.

Fábio levou cinco meses para desenvolver o programa e fazer os testes. O aplicativo é gratuito e já está disponível para Android. Por enquanto, não há previsão para Iphone e Windosphone porque os softwares desses aparelhos não permitem que outros aplicativos reconheçam as redes de internet.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história