Débora Remor: Jaraguá aguarda conclusão do viaduto da Waldemar Grubba e início da abertura de rua no Centenário Rodrigo Philipps/Agencia RBS

Desde junho, quando a foto foi tirada, o viaduto de acesso a Schroeder ganhou concreto nas duas pistas

Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS

Enquanto pressiona o Dnit para a conclusão do viaduto da avenida Waldemar Grubba, a prefeitura de Jaraguá do Sul precisa correr para iniciar a obra para abertura da rua no Centenário que vai dar acesso ao entroncamento. O dinheiro está garantido pelo Badesc, no pacote de empréstimos de R$ 5 milhões, mas aguarda uma assinatura de autorização do Tesouro Nacional.

O projeto técnico precisou passar por adequações e foi reencaminhado ao banco de fomento na semana passada. A expectativa é que o aval seja dado na semana que vem, com o lançamento da licitação ainda no início de novembro. Ou seja, as máquinas só estão trabalhando a partir de janeiro de 2016.

Quem sofre com os engarrafamentos diários não acredita que a inauguração do viaduto virá no saco do Papai Noel. A nova rua, menos ainda. Para apostar no coelhinho da Páscoa, no final de março, a previsão tem ser bem otimista. Talvez no dia 1 de abril a cidade tenha as duas estruturas prontas.

------------------
Outros destaques do Portal Jaraguá:

Separatistas
Faixas, cartazes e carros adesivados do movimento O Sul é o Meu País são cada vez mais comuns na região. A divulgação ganha força com os preparativos para o plebiscito sobre a separação. Em Jaraguá do Sul serão 24 urnas para a consulta pública, a ser feita no dia das eleições municipais - em 2 de outubro, com expectativa de participação de 5% do eleitorado.

Habitação
Das 200 famílias que têm dívida relacionada a programas habitacionais, 44 procuraram a prefeitura de Jaraguá do Sul e renegociaram R$ 452 mil. Instituído este ano, o Reguladeb busca recuperar cerca de R$ 3 milhões do Fundo Rotativo Habitacional, que tem uma taxa média de 51% de inadimplência.

Lideranças
Em passagem por Jaraguá do Sul, o professor e economista Antônio Kandir repetiu a solução que os empresários daqui já haviam ouvido de Armínio Fraga: só a credibilidade no governo pode garantir a retomada do crescimento econômico. A crise política que alimenta a crise econômica, em um círculo vicioso, vai cessar quando uma nova liderança despontar. Ele também defende a permanência do ministro Joaquim Levy.

No Ar
O grupo de resgate e operações aéreas (Noar)  ganhou novo fôlego com diversas visitas esta semana. O idealizador, o bombeiro civil Joannes Spezia, passou pela Câmara de Vereadores e a Prefeitura de Jaraguá, apresentando dados sobre o núcleo e o projeto de aquisição de um helicóptero. Para conseguir os recursos, o Noar também vende cotas, camisetas personalizadas e faz eventos na sede, em Guaramirim.

Terrenos
A venda de terrenos públicos está gerando muita discussão na Câmara de Vereadores de Guaramirim. A Prefeitura justifica o interesse em outros imóveis, de menor valor, sem dizer claramente que precisa de liquidez para pagar contas. Uma das propostas sugere a troca de um espaço no Distrito Industrial por outro terreno no Quati, menor e sem estrutura viária.

Casas modulares
Ainda aguardando a mudança para as residências doadas pela Defesa Civil estadual, quatro famílias de Schroeder estão de sobreaviso. Elas moram muito próximo à margem do rio Itapocuzinho, na Itoupava-açu, e receberam orietação de deixar o local ao menor sinal de perigo. As casas ficaram prontas no início do ano, mas ainda falta a instalação da rede elétrica.

Dívidas
Pela primeira vez, o município de Schroeder institui o Refis e abre nesta terça-feira o período de renegociação de dívidas. A Prefeitura espera recuperar pelo menos R$ 700 mil dos R$ 2,8 milhões que tem para receber de pessoas físicas e jurídicas. A maior aposta está nas contas atrasadas de IPTU e taxa de lixo.

A NOTÍCIA
 DC Recomenda
 
 Comente essa história