Defesa Civil prevê alagamentos até quarta-feira em Itajaí Marcos Porto/Agencia RBS

Município sofreu com os reflexos ligados à chuva da última semana

Foto: Marcos Porto / Agencia RBS

A incidência da maré-alta vai continuar provocando reflexos ligados à chuva da última semana em Itajaí. Segundo a Defesa Civil do município, a cidade ainda registra alagamentos em alguns bairros nos horários de pico de maré e a previsão é de que a situação se normalize somente depois de quarta-feira.

Até lá, a recomendação é que os moradores de bairros como Murta, Barra do Rio, Cordeiros e Imaruí monitorem as condições dos rios pelo sistema de telemetria da Defesa Civil (defesacivil.itajai.sc.gov.br) e fiquem atentos à tábua de maré. Na tarde de ontem, o ribeirão da Murta e o rio Itajaí-Mirim, no canal retificado e no curso antigo, continuavam em estado de atenção.

O abrigo da Paróquia São Cristóvão foi desativado e não há mais pessoas desabrigadas no município. Já a ponte Tancredo Neves, que faz a ligação entre os bairros São Vicente e Cordeiros, continua interditada e a sugestão aos motoristas é que eles usem as pontes Vilson Kleinübing e da Nova Brasília como acesso alternativo.

Outro reflexo causado pelas cheias na região, a entrada e saída de navios no Complexo Portuário voltou a ser feita ontem com restrições de manobras nos horários de maré-alta, quando a correnteza no rio Itajaí-Açu é menor. Segundo dados da Praticagem de Itajaí, para hoje estão agendadas as atracações de três navios e a partida de um, todos para Navegantes.

O SOL DIÁRIO - O SOL DIÁRIO
 DC Recomenda
 
 Comente essa história