Eleição na UFSC, detenção de suspeitos por morte de haitiano em Navegantes e outras três coisas para saber nesta quinta Editoria de Arte/Diário Catarinense

Foto: Editoria de Arte / Diário Catarinense

1. Chapecoense perde para o River, mas gol fora mantém Verdão vivo

A Chapecoense foi até Buenos Aires enfrentar o River Plate pelas quartas-de-final da Copa Sul-Americana e saiu derrotado por 3 a 1. A missão, difícil, é reverter o resultado na Arena Condá, na próxima quarta-feira. O gol do Verdão que mantém viva a esperança de avançar à próxima fase foi marcado por Maranhão, aos 36 minutos do primeiro tempo.



2. Renan dá 45 dias para governo se defender das contas de 2014

O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), leu nesta quarta-feira o despacho no qual abre prazo de 30 dias, prorrogáveis por mais 15, para que o governo apresente defesa na questão da rejeição das contas públicas no ano fiscal de 2014. Na última terça-feira, o despacho já tinha sido lido no plenário do Senado comunicando o recebimento do acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) recomendando a rejeição das contas, mas a leitura não tratou da abertura de prazo de defesa.



3. Polícia começa investigação de morte de taxista na praia da Joaquina

A Polícia Civil começou a apurar a morte do taxista Martino Alcino Amorim, encontrado nesta quarta-feira na praia da Joaquina, em Florianópolis, mas ainda não tem uma linha de investigação definida para seguir. Porém uma coisa o delegado Ênio de Oliveira Matos, da Delegacia de Homicídios da Capital, já adianta: homicídio está descartado.



4. Polícia detém suspeitos por morte de haitiano e descarta crime de ódio

A Polícia Civil de Navegantes deteve na tarde desta quarta-feira cinco suspeitos de envolvimento na morte do haitiano Fetiere Sterlin, 33 anos, assassinado a facadas no último sábado em Navegantes. Após interrogar um adolescente de 17 anos e um homem de 24 anos, o delegado Rodrigo Coronha descartou a hipótese de crime de ódio. De acordo com o responsável pela investigação, o menor confessou ter sido o mentor do ataque e afirmou que a motivação teria sido ciúmes.

 

5. Cancellier e De Pieri vão ao segundo turno na eleição para reitor da UFSC

Com 100% das urnas apuradas às 22h15min desta quarta, a chapa de Luis Carlos Cancellier somou 29,54% dos votos e a de Edson De Pieri alcançou 22,49% da preferência. Com isso, os dois candidatos vão ao segundo turno da eleição para reitoria da UFSC. A atual reitora, Roselane Neckel, terminou na quarta posição, com 12,85% dos votos.

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história