O governador Raimundo Colombo foi a Brasília nesta sexta-feira para uma audiência com Dilma Rousseff em que relatou os problemas causados pela chuva em Santa Catarina. Ele também informou que a presidente pode visitar as regiões afetadas no Estado e no Rio Grande do Sul neste final de semana, para ver de perto os estragos causados pelos fenômenos climáticos extremos.

MAPA: Veja as cidades de SC que foram afetadas pelo temporal
Porto de Itajaí é fechado por causa da chuva

— Toda esta perspectiva de continuidade das chuvas em novembro tem impacto na segurança das pessoas e também na economia — disse Colombo em coletiva em Brasília logo após a audiência sobre os efeitos do fenômeno El Niño.

Os prejuízos no campo causados pelo granizo e as perdas dos portos de Itajaí e Navegantes, que estão fechados por causa do elevado volume do rio, também foram relatados à presidente. Os dados foram entregues a Dilma em relatórios com fotos dos estragos ocorridos em Santa Catarina.

Com a forte chuva e a queda de granizo, Santa Catarina enfrenta problemas como alagamentos, falta de luz e pessoas desabrigadas. A Defesa Civil também alerta para o risco de deslizamentos. E as polícias rodoviárias reforçaram monitoramento nas estradas durante esse período.

— Tivemos chuva desde a magrugada, com granizo, com temporais. Tudo de ruim está acontecendo em várias regiões do Estado — disse o secretário da Defesa Civil, Milton Hobbus.

Acompanhe em tempo real as informações sobre os transtornos
:
(Use a barra lateral de rolagem para ler os posts)


Temporal isola bairros e deixa 24 famílias desabrigadas na Serra
Granizo afeta 4 mil pessoal em Chapecó
Chuva forte causa alagamentos e transtornos no Norte

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história