Família procura por mulher que desapareceu em Palhoça Arquivo Pessoal/Divulgação

Maria Conceição Correa Amaral desapareceu em Palhoça

Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

** Atualização: Maria Conceição foi encontrada no dia 12 de outubro

Familiares da moradora de Palhoça Maria Conceição Correa Amaral, de 41 anos, buscam informações sobre o paradeiro da mulher que está desaparecida desde a última quarta-feira, dia 7 de outubro. Segundo o marido Edson Prates Amaral, a última vez que falou com a esposa foi na quarta-feira, às 16h40, pelo celular, e desde então ela não voltou para casa, no bairro Nova Palhoça, ou mandou notícias. 

Leia mais notícias da Grande Florianópolis


— Ela me disse que estava indo entregar um currículo no Centro. Quando deu 21h ela não voltou para casa comecei a ficar preocupado, o celular só dava desligado, mas ainda pensei que ela poderia estar no velório do pai de uma amiga que faleceu. No dia seguinte eu fui em todos os hospitais, IML,  e registrei o B.O na Delegacia de Desaparecidos — conta.

Segundo Edson, a mulher nunca sumiu de casa sem dar notícias. O casal tem dois filhos gêmeos de 17 anos. Ele também diz que Maria Conceição não usa drogas e nem toma remédios que poderia ter causado algum surto:

— Não sei o que pensar. Estava tudo normal entre a gente. Nosso filhos estão muito abalados. Minha esperança é que ela volte e diga que só estava esfriando a cabeça em algum lugar. Acredito que ela está bem, pois notícia ruim chega rápido — disse.

Delegacia de Desaparecidos busca informações

A Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DDP)informou que já inclui os dados de desaparecimento da mulher no sistema após o registro do Boletim de Ocorrência, e vão começar a ouvir familiares e amigos para dar início as investigações.

Quem tiver informações pode entrar em contato pelo 181 ou diretamente com a DDP no (48) 3665 5594
HORA DE SANTA CATARINA
 Veja também
 
 Comente essa história