Uma jovem paquistanesa teve cerca de metade do seu corpo queimado por um homem, que resolveu atear fogo à mulher ao ter seu pedido de casamento rejeitado, informaram as autoridades policias.

Sonia Bibi, de 20 anos, contou à polícia, no hospital onde se recupera, que seu antigo romance Latif Ahmed a encharcou com gasolina e ateou fogo nela após ter recusar seu pedido de casamento.

Um médico confirmou à AFP que entre 45% e 50% do corpo de Bibi foi queimado no ataque, mas afirmou que ela estava fora de perigo.

O incidente ocorreu em uma remota vila do distrito de Multan no centro da província de Punjab. A polícia prendeu Ahmed, de 24 anos, segundo o oficial da polícia local Jamshid Hayat.

"A polícia prendeu o homem após o depoimento de Sonia Bibi", afirmou Hayat.

A polícia iniciou uma investigação, mas investigações preliminares sugerem que Latif ateou fogo em Bibi "após ela se recusar a casar com ele".

Outro oficial da polícia de Multan, Mukhtar Cheema, confirmou o incidente, afirmando que Bibi disse à polícia que ela recusou o pedido por não estar mais apaixonada por ele.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história