Homem que se acidentou com parapente em Pomerode já sobreviveu a outra queda  Gilmar de Souza/Agencia RBS

Resgate aconteceu no início da tarde desta terça-feira

Foto: Gilmar de Souza / Agencia RBS

O acidente envolvendo Dietmar Keiser pegou de surpresa toda a família que mora em Jaraguá do Sul. Logo que souberam que o homem havia sido encontrado, pai, mãe e esposa deslocaram-se para o Hospital e Maternidade Rio do Testo, em Pomerode, onde o homem está internado. O trabalhador do setor têxtil deve ser transferido ainda hoje para a cidade natal. O homem se perdeu na mata após decolar do Morro Azul, entre Timbó e Pomerode.

::: Após 20 horas preso na mata, piloto de parapente é encontrado em Pomerode

A mãe, Ivone Keiser, 59 anos, conta que o filho foi ao Morro Azul com um grupo de amigos, que também praticam o esporte. Não é a primeira vez que Keiser acidenta-se enquanto pratica o esporte: em dezembro de 2008, o jovem acidentou-se após a decolagem no Morro da Boa Vista, em Jaraguá do Sul. Na época, ficou preso na fiação elétrica até ser socorrido.

_ O pior já passou e está tudo bem. Mas vamos deixar passar o susto e puxar as orelhas _ garante o pai, Adolf Keiser, 58 anos.

O piloto de parapente não atendeu a imprensa na tarde desta terça-feira. Ainda recuperava-se do susto quando pediu para falar com a mãe ou a esposa por volta das 16h. De acordo com a médica plantonista, Joana Manske, os exames feitos em Pomerode apontaram uma alteração na coluna, que será verificada através de uma tomografia que será feita em Jaraguá.

JORNAL DE SANTA CATARINA
 Veja também
 
 Comente essa história