Implantação do binário no bairro São Vicente em Itajaí é adiada para 3 de novembro Marcos Porto/Agencia RBS

A Rua Estefano José Vanolli passará a ser mão única

Foto: Marcos Porto / Agencia RBS

As chuvas dos últimos dias levaram a prefeitura de Itajaí a adiar a data de início do sistema binário do bairro São Vicente de 26 de outubro para 3 de novembro.

Segundo a prefeitura, a medida foi necessária porque as chuvas atrasaram a obra de abertura do canteiro central da Avenida Adolfo Konder, que dará acesso aos condutores que vêm da Rua Otávio Cesário Pereira.

Com a implantação do binário, as ruas Estefano José Vanolli e Otávio Cesário Pereira passam a ser mão única. Na Estefano José Vanolli, o fluxo de veículos será da Avenida Adolfo Konder em direção à ponte da Nova Brasília. Os veículos poderão seguir até a Rua Alice Vieira de Souza (mão única) onde podem retornar para a Rua Otávio Cesário Pereira, que terá o fluxo de veículos na direção contrária, sentido a Avenida Adolfo Konder. Aqui, o canteiro central está sendo aberto para que os motoristas não precisem ir até o semáforo da rodoviária. Neste cruzamento também será colocado um semáforo.

A modificação no sentido das duas ruas é a principal mudança proposta no binário para desafogar o trânsito no bairro. No início do mês foram feitas trocas em outras vias transversais para que o sistema funcione adequadamente.

A parada obrigatória na Rua Rui Vieira, por exemplo, passou a ser na Otávio Cesário Pereira. As Ruas Arquiteto Nilson Edson dos Santos e Manoel Francisco Coelho também se tornaram mão única e receberam ciclovia.

No entanto, nem todas as melhorias ficarão prontas a tempo para a inauguração. De acordo com o engenheiro e fiscal de obras da prefeitura, Joelcir Zatta, alguns acabamentos em calçadas e a pintura viária das travessias da ciclovia da Estefano ficarão faltando. Os trabalhos continuam após o início do funcionamento do binário.

Agentes da Codetran orientarão o trânsito

No dia 3 de novembro, agentes da Codetran irão orientar os motoristas que passarem pelo local. O modelo implantado no São Vicente possibilitará no futuro a ampliação do sistema para as ruas Luís Lopes Gonzaga e Pedro Cristiano de Miranda, reorganizando o fluxo de veículos nas principais transversais dessas vias, através de binários secundários. O trânsito será avaliado e novas mudanças não estão descartadas.

O investimento na obra foi de R$ 5,7 milhões, com recursos do município e do governo estadual. Haverá também um aditivo final em relação à quantidade de materiais usados a mais do que o previsto – o valor ainda não foi fechado pela prefeitura.

Obras de esgoto atrasaram conclusão da obra

As obras do binário do São Vicente começaram em 26 de junho de 2014 e o prazo de conclusão estava previsto para junho deste ano. O atraso de quatro meses ocorreu, segundo a prefeitura, em função das obras da rede coletora de esgoto, que não existia no local e precisou ser incluída no planejamento. O tempo ruim foi outro motivo pelo atraso.

Em dezembro, os trabalhos também foram suspensos na Estefano José Vanolli a pedido dos comerciantes do bairro para não afetar as vendas de Natal.

As novidades

- O binário vai transformar as ruas Estefano José Vanolli e Otávio Cesário Pereira em mão única.

- Na Estefano José Vanolli o fluxo será da Avenida Adolfo Konder em direção à ponte da Nova Brasília (Sul-Norte) até a altura da Rua Alice Vieira de Souza. Nesse ponto, o motorista fará o retorno para a Otávio Cesário Pereira, que terá sentido único em direção a Adolfo Konder.

- A Rua Antônio Cirylo Dutra, principal acesso para quem vem do São João, terá intervenção.

- Além das mudanças no sentido do trânsito, os passeios, estacionamentos e faixas de rolamento foram dimensionados de acordo com o alinhamento predial existente e o potencial de cada via.

- A Otávio Cesário Pereira terá duas pistas e uma faixa de estacionamento, além de calçadas adaptadas.

- A Estefano terá uma faixa de estacionamento, duas pistas de rolamento, ciclofaixa, bolsões para travessia de pedestres, calçada adaptada e arborização. Haverá ainda instalação de bancos, lixeiras, abrigos de ônibus e bicicletário.

- As duas ruas terão rede coletora de esgoto e serão repavimentadas.

O SOL DIÁRIO
 Veja também
 
 Comente essa história