Manifestantes usam boneco de Lula com chifres vermelhos em Belo Horizonte Lucas Prates/Jornal Hoje em Dia / Estadão Conteúdo

Boneco inflável do ex-presidente, da presidente e do governador de Minas Gerais foi instalado na Praça da Bandeira

Foto: Lucas Prates / Jornal Hoje em Dia / Estadão Conteúdo

Um boneco de doze metros do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vestido de presidiário foi erguido, na manhã desta segunda-feira, em protesto contra o PT e o governo de Dilma Rousseff na Praça da Bandeira, em Belo Horizonte.

O boneco é diferente do que apareceu em manifestações em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Na versão da capital mineira, Lula tem chifres vermelhos e carrega, em uma das mãos, uma miniatura em alusão à presidente Dilma com um osso na boca e, na outra, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), com feições de um rato.

No feriado, Dilma reúne ministros para discutir impeachment
Para oposição, Cunha aceitará pedido de impeachment

Os grupos que organizaram o protesto gastaram cerca de R$ 16 mil para fazer o boneco. No valor estão incluídas duas fantasias de Pimentel e Lula, com aproximadamente dois metros e meio, também preparadas para o protesto. Organizaram a manifestação os grupos Mulheres da Inconfidência, Brava Gente e Patriotas.

Manifestantes levam boneco inflável de Dilma ao prédio do TCU
Boneco "Lula inflado" faz tour por pontos turísticos de São Paulo

Cerca de 50 pessoas se reuniram na praça por volta das 11h desta segunda-feira. Segundo o fundador do Patriotas em Minas Gerais, Syllas Valadão, a intenção não é atrair grande número de pessoas, mas "apenas alertar para a situação do país".

— A população está sendo enganada há muitos anos. Precisamos abrir os olhos para o fato de que o Brasil está quebrado — disse.

Parte das pessoas que organizaram o protesto são as mesmas que fizeram manifestação contra o ex-presidente Lula durante o velório do ex-senador José Eduardo Dutra, no início da semana passada, em Belo Horizonte. O ex-presidente esteve no velório. Durante a cerimônia foram lançadas próximo ao local panfletos com a frase "petista bom é petista morto".

Leia as últimas notícias

* Estadão Conteúdo

ESTADÃO CONTEÚDO
 Veja também
 
 Comente essa história