Uma máquina criptográfica nazista Enigma M4 da II Guerra Mundial foi arrematada por 365 mil dólares em Nova York, um valor recorde para este tipo de aparelho em um leilão, informou nesta quinta-feira a Casa Bonhams.

A Enigma M4 leiloada, construída entre 1943 e 1945, é uma das quase 150 que sobreviveram de um total de 1.500 montadas quando a Alemanha nazista enfrentava os Aliados.

Uma porta-voz da Bonhams disse que o preço de venda de 365 mil dólares é um novo recorde mundial para uma Enigma arrematada em leilão.

O comprador da máquina, leiloada na quarta-feira, foi identificado apenas como um colecionador privado.

A M4, com quatro rotores verticais, é a mais excepcional de todas as máquinas Enigma e foi utilizada nos submarinos alemães.

Sua fabricação foi ordenada pelo almirante alemão Karl Doenitz diante da preocupação com a eficiência da Enigma de três rotores, após a captura de um submarino em agosto de 1941.

O modelo se tornou muito raro diante do afundamento de 70% dos submarinos alemães nas últimas etapas da Segunda Guerra, em parte devido à descoberta do sistema de código alemão, destacou Bonhams.

Das 50 máquinas Enigma em exibição nos museus do mundo apenas sete são M4, tomadas dos U-boats (submarinos alemães) capturados, recordou a Casa Bonhams.

"A máquina Enigma é um dispositivo criptográfico excepcional, uma das mais sofisticadas e complexas de seu tipo", destacou o especialista da Bonhams Tom Cordero.

A Bonhams vendeu uma Enigma M3 completamente funcional por 269 mil dólares em um leilão em Nova York em abril passado.

 Veja também
 
 Comente essa história