Mário Motta: leitor alerta para existência de buraco submerso no Campeche Marcelo Oliveira/Arquivo Pessoal

Minilagoa no Campeche

Foto: Marcelo Oliveira / Arquivo Pessoal

O leitor Marcelo Oliveira alerta motoristas, ciclistas e até pedestres para que tomem muito cuidado se por um acaso precisarem passar por essa minilagoa que se forma no encontro da Rua Valdomiro José Vieira (já calçada) com a Rua Sabino Anísio da Silveira no Campeche, Florianópolis.

Encoberto pela água, há um enorme buraco bem no meio da poça. Buraco que entorta rodas, fura pneus e prega uma peça bem molhada nos pedestres ou ciclistas que se aventuram cruzá-lo.

Há dois ou três meses, a minilagoa não se formava e começou quando foi aberta uma vala à direita, fazendo com que toda a água, acompanhada em parte pelo barro do terreno, escoe para aquele ponto.

A Prefeitura já foi comunicada e a comunidade continua esperando alguma providência.  

Confira as notícias do colunista Mário Motta
Acompanhe as notícias da Grande Florianópolis
Curta a página da Hora de Santa Catarina no Facebook

HORA DE SANTA CATARINA
 Veja também
 
 Comente essa história