Primeiro campeão da história da Fórmula E, o brasileiro Nelson Piquet Jr estreia neste sábado, em Pequim, na segunda temporada da modalidade que utiliza carros 100% movidos a energia elétrica, e terá como rival o canadense Jacques Villeneuve, campeão mundial de F1 em 1997.

"Acompanhei de perto a primeira temporada, e fiquei muito animado diante desses circuitos urbanos, que exigem alto nível de pilotagem", explicou Villeneuve num comunicado divulgado pela sua escuderia, a Venturi, de Mônaco.

Além de Piquet Jr, filho do tricampeão mundial de F1, haverá outros dois brasileiros na disputa, Luca Di Grassi e Bruno Senna, sobrinho de Ayrton.

Na temporada passada, Nelsinho e Bruninho deixaram para trás a rivalidade dos ilustres familiares na década de 80, e o segundo ajudou o primeiro a conquistar o título na última corrida, em Londres, ao se manter à frente do suíço Sebastien Buemi, que amargou o vice-campeonato.

Di Grassi terminou em terceiro da temporada, enquanto Bruninho ficou na décima colocação.

Prost x Senna

O Fórmula E já trazia na sua primeira edição vários ex-pilotos de F1, alguns bastante conhecidos, como o italiano Jarno Trulli ou o alemão Nick Heidfeld, mas tem tudo para atrair mais holofotes com a presença de um campeão mundial.

Villeneuve, filho do lendário Gilles, que morreu durante o GP da Bélgica de 1982, deixou a F1 em 2006, e teve breve passagem no Nascar no ano seguinte, além de uma participação especial ao campeonato de Stock Car Brasil, em 2011, em São Paulo.

"É muito emocionante iniciar a segunda temporada da Fórmula E com tantos desafios", afirmou Gildo Pallanca Pastor, dono Venturi. "Começamos a temporada como azarões, mas estamos preparados para surpreender a todos", avisou o chefão da escuderia, que tem como padrinho o ator americano Leonardo DiCaprio.

A modalidade conta com outro filho de ex-piloto que alcançou a glória na F1, Nicolas Prost, cujo pai travou uma rivalidade acirrada com Senna.

A Fórmula E tem um calendário diferente da principal categoria do esporte mecânico. A temporada começa em outubro e termina em julho, enquanto a F1 segue o ano letivo.

Uma das principais novidades é o GP de Paris, em 23 de abril, que terá como pano de fundo vários monumentos da capital francesa.

-- Calendário de la 2ª temporada da Fórmula E:

24 de outubro: Pequim

7 de novembro: Putrajaya (Malasia)

19 de dezembro: Punta del Este (Uruguay)

6 de fevereiro: Buenos Aires

12 de março: lugar a confirmar

2 de abril: Long Beach (Estados Unidos)

23 de abril: Paris

21 de maio: Berlim

4 de junho: Moscou

2-3 de julho: Londres (2 corridas)

--Pilotos inscritos no campeonato:

- Nextev TCR (CHN):

Nelson Piquet Jr (BRA, atual campeão da Fórmula E, ex-Renault F1) e Oliver Turvey (GB, ex-piloto de testes da McLaren F1)

- Venturi (MON):

Jacques Villeneuve (CAN, campeão mundial de F1 em 1997) e Stéphane Sarrazin (FRA, piloto Toyota no endurance)

- Renault e.dams (FRA):

Nicolas Prost (FRA, pilote Rebellion en endurance) e Sébastien Buemi (SUI, piloto Toyota no endurance)

- DS Virgin (GB):

Jean-Eric Vergne (FRA, ex-pilote Toro Rosso F1) et Sam Bird (GB, ex-piloto de teste Mercedes F1)

- Audi Sport Abt (ALE):

Lucas di Grassi (BRA, piloto Audi no endurance) e Daniel Abt (ALE)

- Dragon Racing (USA):

Loïc Duval (FRA, piloto Audi no endurance) e Jérôme d'Ambrosio (BEL, ex-piloto Virgin F1)

- Mahindra (IND):

Bruno Senna (BRA, ex-F1) e Nick Heidfeld (ALE, ex-F1)

- Andretti (EUA):

Robin Frijns (HOL) e Simona de Silvestro (SUI, ex-piloto de testes da Sauber F1)

- Team Aguri (JAP):

Nathanaël Berthon (FRA, piloto de GP2 e endurance) e Antonio Felix da Costa (PRT)

- Trulli (SUI)

Vitantonio Liuzzi (ITA, ex-F1) e Salvador Duran (MEX)

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história