As forças israelenses abriram fogo nesta sexta-feira contra um homem que atacou um soldado com uma faca na Cisjordânia, anunciou o exército.

"Um agressor esfaqueou um soldado durante operações perto da barreira de segurança em Gush Etzion", um bloco de colônias judaicas ao sul de Jerusalém, informou o exército em um comunicado.

"A força de segurança respondeu e atirou contra o agressor", completa a nota.

Segundo fontes médicas, o soldado ficou levemente ferido. As autoridades não divulgaram informações sobre o estado de saúde do agressor.

O ataque é o mais recente de uma série de agressões similares, em sua maioria cometidas por jovens palestinos, contra soldados, policiais e civis israelenses.

Desde o início da onda de violência em 1º de outubro, 49 palestinos (mais da metade deles agressores) e um árabe israelense morreram, assim como oito israelenses.

Além disso, um judeu israelense e um cidadão da Eritreia morreram depois que foram confundidos com agressores.

* AFP

 DC Recomenda
 
 Comente essa história