Pancho: representantes ligados ao BID vêm a Blumenau investigar projeto da ponte do Centro EIV/Reprodução

No projeto, a nova ponte do Centro será construída à curva do rio Itajaí-Açu, entre as ruas Itajaí e Paraguay.

Foto: EIV / Reprodução



Representantes do Mecanismo Independente de Consulta e Investigação (Mici), vinculado ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) chegam hoje a Blumenau. Eles investigam irregularidades na elaboração do projeto da nova ponte do Centro prevista para ser construída junto à curva do rio Itajaí-Açu, entre as ruas Itajaí e Paraguay.

::: Leia mais notícias do colunista Pancho

De acordo com a denúncia feita por três cidadãos da cidade, cujos nomes são mantidos em sigilo pelo órgão, o projeto da prefeitura impacta negativamente no meio-ambiente, no patrimônio cultural e no sistema viário da cidade. Os denunciantes também questionam a mudança de local da ponte, antes prevista entre as ruas Rodolfo Freygang e Chile, sem os devidos estudos técnicos.

O resultado dessa investigação pode ser determinante para a inclusão ou não do projeto no Programa de Mobilidade Sustentável de Blumenau, financiado pelo BID. Não há prazo para a conclusão dos trabalhos. A prefeitura diz que o projeto anterior não foi abandonado. Priorizou sim a ponte da curva do rio, mas hoje, segundo o secretário de Planejamento, Juliano Gonçalves, trabalha simultaneamente com as duas possibilidades: 

— Será erguida primeiramente a ponte que conseguir recursos. Gonçalves diz que o projeto da ponte da curva do rio está pronto para ser licitado. Para ele, as denúncias são absolutamente infundadas e espera que ela não atinja outras obras do programa.

JORNAL DE SANTA CATARINA
 Veja também
 
 Comente essa história