Prefeitura de Guaramirim faz novos cortes para conter gastos Maykon Lammerhirt/Agencia RBS

Prefeito Lauro Fröhlich e a equipe já vinham estudando novas ações de economia

Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Já foram desligados da prefeitura de Guaramirim 28 pessoas que ocupavam cargos comissionados e 38 estagiários. Os cortes, anunciados nesta quinta-feira, incluem ainda a devolução de todos os celulares, a suspensão de gratificações e auxílios como vale-alimentação para servidores não-efetivos, limitação de um tanque, por mês, por veículo e economia máxima com energia enétrica e material de expediente. Os contratos também estão sendo renegociados. Cerca de 90% dos aluguéis pagos pelo município vão ficar 20% mais baratos nos próximos seis meses.

:: Leia mais notícias de Jaraguá do Sul e região ::

As medidas - o terceiro pacote deste o início do ano - visam fazer frente à queda na arrecadação. As receitas fecharam em R$ 7,5 milhões ao mês, em setembro, quando a expectativa era de R$ 9,1 milhões mensais e a média de 2014 estava em R$ 8,1 milhões. O Executivo não sabe especificar a economia que estes cortes vão gerar, e já anuncia que no mês que vem poderá ter novas medidas impopulares se a arrecadação não melhorar.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história