Após ter registrado um saldo positivo de US$ 4,111 bilhões em agosto, o fluxo cambial de setembro voltou a ficar negativo em US$ 111 milhões, informou o Banco Central. A saída de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 1,277 bilhão em setembro, resultado de ingressos no valor de US$ 41,367 bilhões e de envios no total de US$ 42,644 bilhões. Ao longo de todo o ano passado, a área financeira foi a principal porta de saída de recursos do país, somando US$ 13,4 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 1,167 bilhão no mês passado, com importações de US$ 12,604 bilhões e exportações de US$ 13,771 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 2,685 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 2,935 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 8,151 bilhões em outras entradas.

Em outubro, que teve até agora dois dias úteis compilados pelo BC, houve saída de US$ 2,355 bilhões, com envios de US$ 1,231 bilhão no dia 1º e de US$ 1,124 bilhão na sexta-feira, dia 2. O saldo financeiro ficou negativo em US$ 2,028 bilhões no período e o comercial, no vermelho, em US$ 327 milhões.

Entrada de dólares supera saída em US$ 11,103 bi no ano até 25 de setembro
Dólar segue em baixa e cai para a marca de R$ 3,80

Ano

No acumulado do ano até dia 2 de outubro, as entradas de dólares superam a saída em US$ 8,810 bilhões. No mesmo período de 2014, o fluxo cambial estava positivo em US$ 409 milhões.

No acumulado de 2015, houve saídas líquidas de US$ 8,271 bilhões da área financeira. Neste segmento foram registrados ingressos de US$ 403,095 bilhões e envios de US$ 411,366 bilhões no período.

No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 17,081 bilhões no período em questão, com importações de US$ 123,026 bilhões e exportações de US$ 140,107 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 27,753 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 32,940 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 79,413 bilhões em outras operações.

Como dólar a R$ 4 impacta no seu bolso
Marta Sfredo: mercado valoriza reforma de Dilma

Semana

A semana de 28 de setembro a 2 de outubro registrou envios de recursos acima dos ingressos, em US$ 2,293 bilhões, com destaque para os dois primeiros dias deste mês.

O segmento financeiro teve remessas líquidas de US$ 2,251 bilhões na semana passada. O resultado é a diferença entre entradas de US$ 11,950 bilhões e de envios de US$ 14,201 bilhões.

No mesmo período, no comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 42 milhões, com importações de US$ 3,543 bilhões e exportações de US$ 3,501 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 655 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 978 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,867 bilhão em outras operações.

Leia as últimas notícias de Economia

*Estadão Conteúdo

 Veja também
 
 Comente essa história