Suspeito de matar jovem a facadas se entrega à polícia em Morro da Fumaça Facebook/Reprodução

Caroline Slachta foi enterrada na sexta-feira diante de centenas de pessoas

Foto: Facebook / Reprodução

Um suspeito de ter matado a facadas a jovem Caroline Ghizoni Slachta, de 18 anos, se apresentou na manhã deste sábado na delegacia de Morro da Fumaça, no Sul de Santa Catarina. De acordo com a Polícia Militar, G.P.F.P era vizinho da vítima e confessou o crime. Ele tem passagem na polícia pelo crime de estupro e deve ser encaminhado ao presídio de Criciúma.

Jovem morta a facadas é encontrada dentro de casa em Morro da Fumaça

Caroline foi encontrada na manhã de quinta-feira sem vida dentro de casa pelo avô, que esperava para levá-la ao supermercado na comunidade de Estação Cocal, no interior do município. O corpo estava sem a parte de baixo da roupa e tinha mais de 30 perfurações de faca no rosto, pescoço e punhos.

Uma perícia realizada constatou que a causa da morte foi hemorragia severa, em decorrência das facadas. Um outro exame ainda deve comprovar se a jovem foi estuprada. O crime provocou grande comoção na cidade, que tem cerca de 16 mil habitantes. Caroline era natural de Urussanga, mas morava com a mãe em Morro da Fumaça. Ela foi enterrada na manhã de sexta-feira, diante de  centenas de pessoas.

 

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história