Trecho de SC da BR-153 será incluído no pacote de concessões à iniciativa privada Reprodução/Apresentação Fiesc

BR-153 está em mau estado de conservação na região de Concórdia

Foto: Reprodução / Apresentação Fiesc

O trecho da BR-153 que liga Irani à divisa com o Rio Grande do Sul fará parte do pacote de concessões à iniciativa privada. A informação foi confirmada na noite desta quinta-feira pelo Ministério dos Transportes, após reunião do ministro Antônio Carlos Rodrigues com o deputado federal Jorginho Mello (PR) e lideranças da região de Concórdia.

Veja as últimas notícias de infraestrutura

O trecho de 62 quilômetros da BR-153 vai fazer parte da concessão entre os portos de Itajaí e Navegantes, pela BR-470, pegando parte da BR-282 até o entroncamento com O Trevão de Irani. A previsão é que o pacote de concessões seja lançado em março de 2016.

De acordo com o deputado Jorginho Mello, a decisão não vai beneficiar apenas a região Oeste, mas também os portos de Itajaí e Navegantes. Antes de ser excluída da lista de concessões, a BR-153 fazia parte do trecho concedido junto da BR-476, o que poderia fazer com que a produção agropecuária da região fosse escoada pelo Porto de Paranaguá. Agora, a empresa que arrematar a BR-470 também terá de fazer as melhorias no trecho sul da BR-153.

— Era um temor grande que tínhamos, pois sem a melhora dessas estradas os portos paranaenses é que seriam beneficiados — diz o deputado. 

Os prefeitos de Concórdia, João Girardi (PT), e de Irani, Mauri de Lima (PR), também estavam presentes na reunião e ficaram satisfeitos com a decisão. Seguindo o cronograma do Ministério do Transporte, agora as empresas serão habilitadas a realizarem estudos nesse trecho de concessão para realizar audiências públicas e apresentar o projeto à comunidade. 

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história