Três Barras mantém 48 famílias em abrigos no Planalto Norte do Estado Defesa Civil de Três Barras/Divulgação

Foto: Defesa Civil de Três Barras / Divulgação

A cidade de Três Barras, no Planalto Norte do Estado, ainda mantém 48 famílias afetadas pelas últimas chuvas em abrigos montados em duas escolas da cidade. Conforme previa o plano de contingência da Defesa Civil para o município, a administração municipal está voltada ao atendimento dos atingidos.

Leia as últimas notícias de Joinville e região

O bairro mais impactado pelas inundações foi o São Cristóvão, que fica próximo do limite com a cidade de Canoinhas. Segundo o coordenador da Defesa Civil na região, Edson Antocheski, não há previsão de quando as famílias poderão retornar para suas casas. Isto porque o nível do Rio Canoinhas, que cruza a cidade, deve subir novamente.

—É muito provável que a gente sinta no sábado o impacto das chuvas de quinta-feira. Há essa demora porque o rio tem um longo caminho a percorrer — explica.

Em Rio Negrinho, há oito famílias desabrigadas. Lá, o nível do Rio Negrinho subiu na última hora, mas a tendência é que estabilize até o fim do dia.

Em São Bento do Sul, a Defesa Civil ainda calcula o número de casas destelhadas pela chuvas da última quinta-feira. Como o tempo melhorou, as famílias desalojadas devem retornar para casa ainda nesta sexta.

Conforme a Defesa Civil, há cinco haitianos atendidos por um abrigo público.

A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história