Três helicópteros das forças de segurança de SC ajudam nos resgates no Alto Vale Felipe Carneiro/Agencia RBS

Vista aérea da enchente em Rio do Sul, no Alto Vale

Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

O campo de futebol da escola Dom Bosco, no Centro de Rio do Sul, tornou-se ponto de pousos e decolagens dos três helicópteros das forças de segurança de Santa Catarina que ajudam na resposta aos estragos causados pela chuva no Alto Vale do Itajaí.

Com três enchentes em quatro anos, Rio do Sul aguarda obras de contenção
Chuva afeta 22 mil pessoas e deixa pelo menos seis rodovias interditadas

Estão na cidade o Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, o Pelicano, da Polícia Civil, e o Águia, da Polícia Militar. Os três já prestaram atendimentos entre a quinta-feira e esta sexta-feira à tarde. A maioria deles são atendimentos de transferência de pessoas que sofrem com problemas de saúde e precisam de medicação ou auxílio no tratamento.



Força tarefa de Lages, Curitibanos e Tubarão chegam a Rio do Sul


Segundo o Major Kemper, do Corpo de Bombeiros, na manhã desta sexta o Arcanjo auxiliou a equipe de Geologia da prefeitura de Blumenau a avaliar o deslizamento ocorrido no Bairro Nova Rússia. Pela Policia Civil, o delegado Djalma Alcântara da Silva, explica que nesta sexta ocorreram atendimentos a pessoas que precisaram ser removidas a hospitais para receberem ajuda no tratamento de saúde.

Mulher que perdeu o filho assassinado e há um ano agora tem casa destruída por enchente em Rio do Sul

Enquanto isso, pela Polícia Militar, o major Wallace Carpes explica que nenhum atendimento grave foi feito pelo Águia e que as equipes seguem na cidade até que haja necessidade.

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história