Último dia do Enem movimenta estudantes do ensino médio em Joinville  Rodrigo Philipps/Agencia RBS

Alguns estudantes chegaram bem cedo aos locais de prova em Joinville

Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS

Além de ser o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), este domingo também é marcado por ser o dia em que os estudantes precisam elaborar uma das etapas do exame: a redação.

Em Joinville, estudantes se reuniram cedo em frente aos locais de prova, muitos deles nervosos por, até então, não saberem o tema da redação, que entre outras penalidade, pode inclusive anular a participação do candidato no Enem.

Leia mais notícias de Joinville e região no AN.com.br

Neste ano, conforme anunciado no começo da tarde pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o tema da redação´é “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”.

Alguns cuidados devem ser tomados pelo estudante hoje à tarde. As redações com sete linhas ou menos receberão nota zero. Também terão a nota da redação zerada os candidatos que deixarem a folha em branco, fugirem do tema proposto ou fizerem qualquer brincadeira ou deboche.

A estrutura deve ser dissertativo-argumentativa, ou seja, os candidatos devem expor argumentos relacionados ao tema da redação, elaborando-os de forma consistente e coerente.

A proposta de redação do Enem sempre vem acompanhada de textos que podem servir de motivação para que os candidatos elaborem seus próprios textos. No entanto, o estudante não deve se restringir às ideias ali apresentadas, copiar trechos ou torná-los parte de sua argumentação.

Tais procedimentos podem fazer com que o candidato perca pontos na avaliação de competências. Segundo um balanço da Polícia Militar de Joinville, que ajudou na segurança da entrada da maioria dos locais de prova em Joinville, a cidade registrou poucos casos de estudantes chegando após o fechamento dos portões.
A NOTICIA
 Veja também
 
 Comente essa história