Vazão das barragens de Ituporanga e Taió eleva nível dos rios no Vale do Itajaí Gilmar de Souza/Agência RBS

Situação do Centro de Ituporanga nesta quinta-feira de manhã

Foto: Gilmar de Souza / Agência RBS

A chuva que atinge o estado de Santa Catarina desde 8 de outubro, período em que choveu cinco vezes o esperado para o período de 30 dias, já causou estragos em 85 cidades, ganhou força na última noite e prejudicou, principalmente, as cidades do Vale do Itajaí. Com as barragens de contenção de Ituporanga e Taió vertendo, as cidades da região serão impactadas com o aumento do nível dos rios e com enchentes.

AO VIVO: acompanhe a situação no estado em tempo real

A Defesa Civil de Rio do Sul estima que o nível máximo do rio Itajaí-Açu chegue a 11,5 metros, enquanto a Defesa Civil de Blumenau calcula 10 metros para as 21h desta quinta-feira. Segundo Fabiano de Souza, diretor de prevenção da Defesa Civil estadual, as cidades de Taió, Rio do Oeste, Laurentino, Ituporanga e Itajaí também devem ter complicações.

MAPA: confira quais municípios de SC foram atingidos pela chuva desta quinta-feira

O sistema de barragens que ajudam a conter as águas dos rios no Vale do Itajaí foi eficiente até a tarde desta quinta-feira, mas não suportou o grande volume de água. Com isso, as represas passaram a verter. Em Ituporanga, 1,8 metro de água passam sobre a barragem e, em Taió, a água deve começar a verter no fim da tarde.

_ Quando a barragem verte, ela joga água nas bacias em um volume maior do que se as comportas estivessem abertas. Portanto, tem um consequência no nível dos rios nas cidades que estão mais abaixo. É claro que ainda temos que avaliar, mas a expectativa é que deve sim ter aumento do nível dos rios _ explica Souza.

O alento para os moradores da região é que a chuva deve dar trégua nas próximas horas, somente com algumas pancadas.

Em Brasília, Colombo mostra a Dilma os estragos provocados pela chuva no Estado
Acumulado de chuva em SC é cinco vezes maior do que o esperado para todo o mês
Chuva provoca deslizamentos e fecha estradas em Santa Catarina

 Veja também
 
 Comente essa história