Arena Petry é apresentada hoje para o mercado da Grande Florianópolis Arena Petry/Divulgação

Foto: Arena Petry / Divulgação

Com 142 projetos captados de janeiro a setembro deste ano, as empresas do setor de eventos comemoram crescimento na Grande Florianópolis. O número já representa um avanço sobre 2015, quando 130 contratos foram firmados durante os 12 meses do ano. O balanço é do Floripa e Região Convention & Visitors Bureau e aponta o aquecimento do segmento em tempos de crise econômica.

– O setor vem crescendo ano a ano na região. Em 2016, alguns eventos diminuíram no tamanho e em número de participantes, mas na quantidade, seguem crescendo – diz Marco Aurélio Floriani, presidente do Floripa Convention.

Arena Petry terá capacidade para 17,5 mil pessoas e será a maior da Grande Floripa
Sandro Petry: dos campos de futebol para arena de eventos

Foi essa aposta no crescimento do setor que levou o empresário Sandro Petry a colocar em marcha um projeto ambicioso. Ele lança hoje para o mercado a Arena Petry, um complexo multiúso que será erguido em São José. Com 22,9 mil metros quadrados e capacidade para até 17,5 mil pessoas, o empreendimento tem previsão de inauguração no primeiro semestre de 2018. O empresário não revela o valor do investimento, mas afirma que foram feitos estudos de viabilidade que iniciaram há cinco anos antes de decidir executar o projeto.

– A gente visualizou a oportunidade de realizar um bom negócio neste momento, apesar da dificuldade que o Brasil está enfrentando. Acreditamos numa retomada e também vimos que há demanda para um projeto premium de grande porte – afirma Petry.

A família Petry – Sandro tem como sócios três irmãos e a mãe – está à frente do Centro de Eventos Petry, em Biguaçu. A construção dentro da Ilha de Santa Catarina foi considerada, mas, de acordo com Sandro, a demanda por uma área de grande dimensão e os gargalos de mobilidade fizeram a área continental ser a escolhida.

– Além disso, estamos na região há 20 anos – afirma o empresário.

A intenção é atender tanto ao público corporativo, com eventos como congressos e feira, quanto de entretenimento, com shows e espetáculos. O projeto é modulado, o que permite adaptar as instalações ao tamanho do público.

Santa Catarina ganha novos empreendimentos


Projeção interna de como será o centro de eventos Petry, em São José Foto: Arena Petry / Divulgação

Inaugurado no final de 2015, o Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras, é o equipamento mais novo na região. Com 17,9 mil metros quadrados e capacidade para eventos com até 3,5 mil pessoas, o projeto teve investimento de R$ 86 milhões do governo estadual.

Indústria do turismo é o segundo setor que mais gera empregos em SC
Setor turístico de Florianópolis apresenta agenda de eventos da temporada

Segundo Floriani, do Convention Bureau, a capacidade do centro recém-inaugurado, assim como Centrosul, é média se comparada com as arenas do Nordeste. A dimensão dificulta a captação de grandes eventos. Para ele, o Centro de Eventos de Balneário Camboriú, que terá 33,5 mil metros quadrados e investimento de R$ 89,8 milhões poderá colocar o Estado em condições de rivalizar com cidades como João Pessoa e Natal.


 Veja também
 
 Comente essa história