Udesc adia eventos por causa de ocupação no prédio da reitoria Cristian Delosantos/Rádio CBN

Foto: Cristian Delosantos / Rádio CBN

A Universidade Estadual de SC (Udesc) precisou adiar dois eventos em decorrência da ocupação de estudantes contrários à PEC 55, que acontece desde o último dia 26 no prédio da reitoria, em Florianópolis. Assim, o 12º Encontro de Extensão, marcado para a próxima sexta-feira, e o exame de inglês  Test of English as a Foreign Language (Toefl), que aconteceria hoje, seguem sem data para ocorrer. De acordo com a nota enviada pela instituição, após análise, "chegou-se à conclusão de que o referido movimento estudantil pode vir a prejudicar o bom andamento das provas".

Ainda, no comunicado oficial sobre o cancelamento do evento de extensão, a Udesc afirmou que no período de manifestações "foram registrados incidentes envolvendo alunos, servidores e comunidade externa com integrantes do protesto". O movimento "Udesc Ocupada", no entanto, informou que a ação é pacífica e que "em nenhum momento prejudicou qualquer atividade". Ainda, os alunos que participam da ocupação afirmam que não foram notificados sobre a realização dos eventos no prédio. 

Os 120 alunos que fariam as provas do Toefl nesta quarta foram avisados pela Secretaria de Cooperação Interinstitucional e Internacional (SCII). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: scii.reitoria@udesc.br. Já os envolvidos no 12º Encontro de Extensão podem saber mais detalhes através do proex.reitoria@udesc.br.

Confira a nota de esclarecimento do movimento Udesc Ocupada:

"Vimos por meio desta esclarecer o nosso posicionamento em relação ao cancelamento dos testes do TOEFL, o 12º Encontro de Extensão da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), marcado para ocorrer entre quarta, 9, e sexta-feira, 11, na sede do Campus I, no Bairro Itacorubi, em Florianópolis e qualquer outra atividade a ser realizada na reitoria da UDESC no período de ocupação.

Em nenhum momento a ocupação prejudicou qualquer atividade que foi realizada durante o período ocupado, como as eleições municipais ocorridas no dia 30 de outubro e o ENEM realizado no último final de semana. Não foi comunicado aos estudantes da ocupação a realização do teste, seu possível cancelamento, assim como a realização e cancelamento do encontro de extensão. Salientamos o apoio da reitoria à ocupação expresso na assembleia com o reitor no dia 27 de outubro de 2016 que resultou no documento acordado pela reitoria e estudantes e a retirada do processo de reintegração de posse acessado em 07 de novembro de 2016.

Entendemos esses posicionamentos da reitoria como uma tentativa de ataque e desarticulação do movimento e reafirmamos estarmos abertos ao diálogo. UDESC Ocupada pela Democracia".

Leia mais notícias:
Com pautas diversas e apoio de gestores, estudantes ocupam mais de 20 escolas
Universidade Federal da Fronteira Sul modifica data de concurso por causa de ocupações 

 Veja também
 
 Comente essa história