O ramo de tecnologia e inovação completou 30 anos em Santa Catarina no ano de 2016 e representa 5,3% do PIB do Estado. Em Florianópolis, por exemplo, o polo tecnológico já é o maior arrecadador de impostos, à frente do turismo. No especial abaixo, saiba um pouco mais sobre o panorama atual do setor no Estado e o que está por vir. 

Clique na imagem abaixo para acessar o especial do NóS


 Veja também
 
 Comente essa história