A saída temporária de detentos no final de ano em Santa Catarina permitiu que 1.835 presos passassem as festas fora das unidades prisionais. Deste número, 65 não voltaram no dia previsto, o que representa 3,5% do total. No entanto, nos últimos dias, 11 deles já foram recapturados.

Segundo o Departamento de Administração Prisional (Deap) de SC, esse é o melhor índice de retorno desde 2011. Via assessoria de imprensa do Estado, o diretor do órgão, Deiveison Batista, avalia que o bom número está "relacionado aos avanços comportamentais conquistados em razão da oferta de atividades laborais dentro das unidades prisionais".

A saída temporária ocorreu entre os dias de 19 e 31 de dezembro de 2016, com os retorno previstos entre 26 de dezembro e 8 de janeiro de 2017. O perfil dos detentos que não retornou, segundo Batista, é de presos que já têm a intenção de praticar novos delitos. Por isso é que muitos são recapturados cometendo outros crimes. Os que não retornaram são considerados foragidos.

 Veja também
 
 Comente essa história